2016/07/14

Notícias do dia

A Tesla lança o Model X 60D mais "económico" com autonomia limitada por software; o Nintendo Classic Mini: NES chega a Portugal a 11 de Novembro; Hangouts para Android ganha finalmente mensagens de vídeo; a Microsoft corrige bug com 20 anos no Windows; e foi descoberto um malware avançado que não olha a meios para se tentar manter secreto.

Antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam que estamos a oferecer um smartphone UMi London, e que também podes ganhar um gamepad Mad Catz para Android.


Planet of the Apps da Apple vai mostrar a vida dos criadores de apps



O mercado das apps há muito que se tornou num fenómeno mundial, e agora a Apple vai produzir uma série de TV chamada Planet of the Apps onde poderemos acompanhar a vida de alguns developers e as suas aventuras e desventuras. Alguns dos parceiros de produção são responsável por programas como The Biggest Loser e MasterChef Junior, pelo que já se pode imaginar que este programa também tenha uma componente inspirada nesses programas.

Quem chegar às rondas finais do programa terá a oportunidade de se reunir com investidores que poderão disponibilizar até 10 milhões de dólares para apoiar o projecto.


Fotos revelam como vai funcionar o reconhecimento da íris no Galaxy Note 7



Uma das novidades do Samsung Galaxy Note 7 será a possibilidade de se utilizar o reconhecimento ocular para identificação biométrica, e já foram reveladas fotos que mostram como o processo será feito. O utilizador terá que segurar o smartphone à altura dos olhos a uma distância de 25-35cm, e olhar para dois círculos no ecrã.

Resta saber se o reconhecimento será feito de forma imediata e fiável - mas penso que a presença de uma secção para se desenhar um padrão de desbloqueio logo abaixo não inspira grande confiança quanto a isso. Em breve saberemos, pois o Note 7 será revelado oficialmente no início de Agosto.


Robot de segurança atropela criança em Centro Comercial



Aqueles que temerem o dia em que os robots se revoltem contra os humanos têm mais um motivo para ficarem preocupado. Um robot de segurança terá derrubado e atropelado uma criança de 16 meses que correu na sua direcção. Os responsáveis pelo robot dizem que o robot se tentou desviar da criança, mas que depois não a conseguiu detectar quando esta caiu no chão - referindo também, ao estilo da Tesla, que os seus robots já percorreram milhares de quilómetros em centros comerciais sem nenhum incidente.

... Há sempre uma primeira vez para tudo; esperemos é que sirvam para evitar que novos casos semelhantes voltem a acontecer no futuro.


Nissan ProPilot também conduz sozinho - mas distancia-se da Tesla



Também a Nissan vai introduzir um sistema de condução automático nos seus veículos - o ProPilot - mas faz questão de referir que se trata de um sistema de assistência ao condutor, para ser utilizado apenas em auto-estradas ou equivalentes, e que obriga a manter as mãos no volante.

Na prática, trata-se apenas da normal "popularização" de tecnologia que já existe em automóveis topo-de-gama e que vai migrando para automóveis mais acessíveis. Estes sistemas podem ser equiparados ao piloto automático da Tesla, mas as marcas optam por apresentá-los de forma mais discreta para não se sujeitarem aos riscos que a sua utilização abusiva poderá causar (como a fatalidade no recente acidente de um Tesla em que o condutor ia distraído a ver um filme.)

Isto sem esquecer que, quando utilizados correctamente, podem fornecer uma ajuda preciosa para evitar acidentes...


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]