2016/09/02

Notícias do dia

A Samsung anuncia recolha dos Galaxy Note 7 por risco de explosão das baterias; o novo TomTom VIO leva a navegação GPS às scooters... com estilo; a Tesla desactivou sensores de segurança nas portas Falcon Wing do Model X; foguete Falcon 9 da SpaceX explode na plataforma de lançamento e destrói satélite do Facebook; e a Siri vai controlar apps, o que pode ser o primeiro passo no sentido de as tornar obsoletas.

Seguem-se as notícias do dia - mas antes, a obrigatória referência do nosso passatempo "gadget da semana" que desta vez está a oferecer uma pen USB 3-em-1 de 64GB.

Apple vai remover apps obsoletas da App Store



Nada dura para sempre e as apps não são excepção. A App Store foi um dos elementos fundamentais para o sucesso do iPhone, e a Apple não se cansa de referir que por lá podemos encontrar mais de 2 milhões de apps para todo o tipo de coisas. Só que, muitas dessas apps foram criadas há anos, para antigas versões do iOS, e que nunca foram actualizadas - e com a chegada do iOS 10 a Apple acha que está na altura de fazer uma limpeza, removendo as apps obsoletas e abandonadas.

Apps que já nem arranquem no iOS 10 irão ser removidas imediatamente, noutros casos será dado um prazo de 30 dias para que os criadores das app disponibilizem uma actualização.

E para evitar a palhaçada no nome das apps do estilo "A minha app do Instagram - Google Photos - Facebook e coisa e tal" só para que apareçam no resultado das pesquisas, a Apple diz que o nome das apps terá que ser apropriado e ter um máximo de 50 caracteres.


96% das passwords do Last.fm foram crackadas em 2 horas



Os casos de roubos de bases de dados com informação dos utilizadores são cada vez mais frequentes, mas por vezes há quem possa imaginar que o facto dos serviços guardarem apenas as hashes das passwords permitirá que as mesmas se mantenham secretas. O caso do leak do Last.fm demonstra que não é bem assim, tendo sido possível descobrir 96% das passwords em cerca de 2h.

O que de forma indirecta quer dizer que: apenas 4% dos utilizadores se preocupa em utilizar passwords realmente seguras!


YouTube está a remover publicidade de vídeos que considera "inapropriados"



O YouTube é uma mina de ouro para alguns "vloggers" que se tornaram vedetas da internet, mas o YouTube parece estar a apertar os cordões à bolsa e está a desactivar a publicidade para vídeos que considera inapropriados.

Se nalguns casos até se pode aceitar que sim, por se tratarem de vídeos polémicos ou com conteúdos duvidosos, torna-se um pouco mais complicado de explicar isso quando se descobre que até vídeos educativos do popular canal Kurzgesagt estão a ser afectados.


Adblocker Brave testa sistema de micropagamentos para os sites



Poderão os adblockers ser os futuros financiadores dos sites? O Brave pensa que sim e passa a disponibilizar uma modalidade em que os utilizadores podem definir um valor mensal a pagar, que será proporcionalmente distribuído entre os sites para os quais os utilizadores querem contribuir, em função do tempo que passam em cada um.

Não é a primeira tentativa de permitir que os utilizadores contribuam de forma descomplicada para os seus sites favoritos (o Flattr também queria fazer o mesmo)... a grande questão é saber se a maioria dos utilizadores estará mesmo disposto a pagar por algo que já se habituaram a ter gratuitamente.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]