2016/09/23

Notícias do dia

A Yahoo já confirmou o roubo dos dados de 500 milhões de utilizadores; que tal se comporta o novo "botão" do iPhone 7; o Galaxy Note 7 vai ter actualização para identificar versões inseguras; os fabricantes de TVs estão a ser acusados de enganar os testes de eficiência energética; e a Amazon acaba com armazenamento ilimitado para fotos e passa clientes para modalidade mais cara.

O nosso meeting mensal é já amanhã; e antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam de participar no passatempo do gadget da semana que vos pode oferecer uma Lua LED luminosa (e já agora, deixar mais um voto no AadM para os Blogs do Ano. :)

App de encontros Bumble pede aos utilizadores selfies com poses como validação



Já todos sabemos que não se pode confiar em tudo o que se vê na internet, e isso aplica-se ainda mais aos registos feitos em apps de "encontros". Para lidar com perfis falsos que usam fotos de outras pessoas, a app Bumble vai passar a pedir aos utilizadores que validem a sua identidade tirando uma selfie a fazer um de entre uma centena de gestos, o que deverá eliminar 99% dos casos de contas falsas.

... Em alternativa, poderá fomentar o trabalho de editores de photoshop freelancers...


Apple prepara o seu concorrente ao Echo para as casas



Já tinha sido revelado que a Apple estava a preparar num concorrente ao Echo da Amazon, que permita colocar a Siri em nossas casas e também servir como ponto central de controlo para o HomeKit (deixando controlar as luzes e todos os demais dispositivos compatíveis com o sistema da Apple), e agora prece que esse lançamento está mais perto que nunca. Há um produto "mistério" que já obteve o necessário registo na FCC, e outras fontes também referem que esta "Siri doméstica" está prestes a ser apresentada.

... Tudo coisas que teriam muito mais interesse para nós se a Siri já falasse em Português de Portugal... (por muito fã que eu seja do sotaque brasileiro, né!?!)


Facebook inflacionou o sucesso dos seus vídeos publicitários



Na internet do momento a publicidade é rainha, e muitos terão estranhado o imediato caso de sucesso dos vídeos publicitários no Facebook. Afinal, foi um sucesso conseguido à custa de um "pequeno" erro que inflaccionou em 80% o tempo de visualização dos mesmos.

O Facebook disse, ao longo dos últimos dois anos, que os seus utilizadores gostavam de ver os seus vídeos e que por isso eram um formato bastante recomendado para os anunciantes... só se esqueceu de referir que convenientemente tinha ignorado por completo todos os utilizadores que não perdem sequer 3 segundos a ver esses vídeos...

É caso para dizer que 100% das pessoas que vê publicidade, vêem publicidade!


YouTube recorre aos "heróis" para moderar os conteúdos e comentários



Como é que se pode manter a ordem num site em que, a cada segundo, são adicionadas horas de vídeo que pode conter coisas impróprias? O YouTube conta com sistemas automáticos de validação e moderação, mas como isso não resolve tudo, volta a recorrer à ajuda (gratuita) dos próprios utilizadores.

Com o YouTube Heroes o serviço desafia os fãs a terem um papel mais activo na manutenção de um YouTube saudável e correcto. Estes utilizadores irão ganhando capacidades acrescidas à medida que forem evoluindo no programa, podendo reportar vídeos e comentários impróprios, e até sugerir legendas e traduções.

Se por um lado uns criticam o YouTube de se estar a aproveitar do trabalho gratuito dos utilizadores, por outro lado penso que não haja outra forma de lidar com serviços em tão larga escala... E como sempre, só ajuda quem quer.


Curtas do dia



Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]