2016/09/30

Notícias do dia

Ataque DDoS de 1Tbps foi realizado usando mais de 150 mil câmaras e DVRs infectados; a Google adiou o Android Wear 2.0 para 2017 (e o iPhone 7 não se liga a smartwatches Android Wear); o Vernee Mars é o mais compacto dos smartphones de 5.5"; o Ungoogled Chromium é um "Chrome" livre das ligações à Google; e vem a público que a Apple mantém registos do iMessage que pode ceder às autoridades.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que na próxima semana aproveitaremos os dias do Pixels Camp para fazer um jantar AadM em Lisboa; e que esta semana estamos a oferecer uma bracelete bluetooth com sensor de frequência cardíaca. E claro... se puderem dispensar um clique, não se esqueçam de votar no AadM para o Blogs do Ano. :)

Vulnerabilidades no iOS 10 já valem 1.5 milhões de dólares




Depois do preço "promocional" de 1 milhão de dólares, posteriormente reduzido para 500 mil dólares, oferecido a quem disponibilizar uma vulnerabilidade que permita fazer o jailbreak remoto de um iPhone, a Zerodium - empresa especializada na comercialização de vulnerabilidades 0-day - oferece 1.5 milhões de dólares a quem encontrar forma de o fazer para o iOS 10.

Desta vez a oferta não parece ter o intuito de ser apenas "promoção", pois a Zerodium diz que estará interessada em comprar tantas vulnerabilidades (diferentes) a este preço quanto as conseguir encontrar.


HP vai disponibilizar actualização que permitirá usar tinteiros não oficiais



A HP já reconheceu que não procedeu da melhor forma ao lançar secretamente uma actualização que impedia a utilização de tinteiros não oficiais nas suas impressoras, mas continua a justificar a medida pela necessidade de garantir a segurança das suas impressoras e a protecção da sua propriedade intelectual.

Ainda assim, a empresa promete para as próximas semanas uma nova actualização que irá remover esta verificação de segurança e que permitirá, aos clientes que assim o entenderem, continuarem a utilizar tinteiros não oficiais. (Para os fãs das teorias da conspiração ficará a pergunta sobre se este update não trará uma qualquer outra funcionalidade "secreta" que venha a causar outros problemas no futuro... ;P)


Amazon quer um chatbot capaz de conversar durante 20 minutos



Todas as empresas tecnológicas têm investido em inteligência artificial e na criação de assistentes digitais, e agora a Amazon lança o Alexa Prize - um desafio destinado aos estudantes universitários para que criem um chatbot que seja capaz de conversar inteligentemente durante 20 minutos sobre um determinado tema.

A ideia é pedir-se à Alexa algo como "vamos falar sobre..." e ela ter capacidade para manter uma conversação sobre isso durante 20 minutos. A tarefa não é nada simples, mas com prémios que podem atingir os 500 mil dólares, certamente não haverá falta de candidatos a tentarem resolver o problema.


Google for Work passa a G Suite com foco na cloud


A aposta da Google no sector empresarial não é de agora, mas estamos prestes a assistir a uma nova ofensiva que se inicia com uma troca de nome: o Google for Work passa a G Suite, e conta também com alguns melhoramentos nas diversas apps/serviços.

Já os serviços cloud passam a ser agrupados sob a Google Cloud (e com 8 novas regiões).




Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]