2017/06/09

Notícias do dia

Cada europeu vai usar 80GB de dados por mês em 2021; o MEO Smart Home quer ser solução "chave na mão" para casas inteligentes; temos o AllCall Rio com ecrã edge e câmara dupla por €62 e também um teclado mecânico RGB com layout Português por €34; o iOS 11 força apps a usarem modo de localização escolhido pelos utilizadores; e o DRM Denuvo sofre nova humilhação com lançamento de um "keygen" que o poderá inutilizar por completo.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que já temos livro FCA escolhido para oferecer esta semana, o Segurança Prática em Sistemas e Redes com Linux.

Intel não está "contente" com Windows a correr no Snapdragon 835




A recente parceria da Microsoft com a Qualcomm e que permite levar o Windows 10 completo para a plataforma ARM não está - como seria de esperar - a agradar à Intel. A Intel já começou a lançar algumas indirectas quanto a "algumas empresas" que poderão estar a emular as instruções x86 nos seus chips sem o devido licenciamento... e que existem casos precedentes em que terá ficado demonstrado que mesmo sendo emulação, a Intel continua a ter direito a receber por isso.

... A diferença é que a Qualcomm não é uma Transmeta, e mesmo estando no meio de dispendiosos litígios e processos, certamente irá complicar a vida à Intel... a não ser que até decidam ser civilizados e chegar a um acordo que evite as dispendiosas telenovelas nos tribunais.


China encerra contas de mexericos sobre celebridades



A China já é conhecida por censurar todo o tipo de informação que não considera apropriada, e a última vítima são as contas que se dedicam a discutir e divulgar mexericos sobre as celebridades locais. O Governo Chinês acha que não é produtivo promover esse tipo de actividade, e em vez disso pede às plataformas sociais que exerçam um maior controlo para impedir este tipo de conteúdos.

... Lá terão os cidadãos chineses que contentar-se com os mexericos internacionais que lhes chegam via VPNs e qualquer outra forma de contornar a great firewall of China.


iOS 11 ganha indicador de volume mais compacto



É inevitável que, à medida que os anos vão passando, os sistemas operativos acumulem coisas que vão acusando o peso da idade. No caso do iOS a próxima versão 11 vem com bastantes detalhes melhorados, e entre os quais se encontra um indicador de volume muito menos intrusivo.

Actualmente, o indicador de volume faz surgir um popup bastante volumoso no centro do ecrã, que se torna bastante incómodo quando se está a tentar ajustar o volume enquanto se está a ver um vídeo, por exemplo - e que fez com que muitas apps optassem por apresentar um controlo de volume diferente, para evitar essa "intrusão". Com a chegada do iOS 11, deixará de ser necessário...


Taylor Swift rende-se ao streaming e regressa ao Spotify



Depois da polémica remoção das suas músicas do Spotify e outros serviços de streaming em 2014, Taylor Swift aproveita a celebração de ter vendido 10 milhões do seu álbum "1989" para justificar o seu regresso ao Spotify e outras plataformas de streaming.

... Em vez de comentar com algo novo, deixo apenas aquilo que escrevi em 2014:
"A mediática batalha de Taylor Swift com o Spotify (e os serviços de streaming de música em geral) poderá ser uma guerra inevitavelmente perdida a longo prazo..."


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]