2017/08/24

iOS 11 transforma links AMP em normais ao partilhá-los


A Apple não deixa dúvidas quanto à sua posição perante as páginas AMP da Google, sendo que no iOS 11 o Safari tratará de converter os links para as versões normais ao partilhá-los ou guardá-los.

O AMP (Accelerated Mobile Pages) é o sistema promovido pela Google para combater as páginas web mal feitas, limitando as coisas que se podem usar por forma a torná-las bastante mais pequenas e eficientes, particularmente para dispositivos móveis. No entanto há quem também acuse a Google de querer fragmentar a web, já que esses mesmos conceitos poderiam simplesmente ser implementados em HTML comum, em vez de darem ainda mais poder à Google (até à pouco tempo, estas páginas nem sequer tinham forma fácil de redireccionar os utilizadores para a página HTML "normal", já que o url a que se tinha acesso era o da cache da Google).

A Apple parece querer facilitar a vida aos utilizadores, pois quando quiserem partilhar uma página AMP a partir do Safari no iOS 11, o sistema irá automaticamente converter o link AMP no link para a página HTML normal.

Por muitas boas intenções que o AMP tivesse (e não é certo que as tenha tido), esperemos que este pequeno passo do iOS 11 venha chamar a atenção para os riscos de se abandonar uma tecnologia standard e universal por outra que deixa os editores (ainda mais) dependentes da Google. O Facebook já tentou fazê-lo, sem sucesso, com os seus Instant Articles, a Google parece estar a ter mais sorte... nem que seja à custa da ameaça de dar prioridade às páginas AMP nos resultados das pesquisas.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]