2017/08/17

Notícias do dia

O Galaxy Note 4 também tem "baterias explosivas" mas desta vez a culpa não é da Samsung; a DJI prepara um modo privado para drones que dispensa a ligação à internet para total privacidade; temos a mini-scooter eléctrica Xiaomi M365 a €319 (com portes gratuitos e livre de alfândega); o iOS 11 deverá vir com navegação em Realidade Aumentada; e o Qualcomm Spectraadiciona um Kinect aos smartphones.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que é o último dia para participarem no passatempo Leagoo Kiicaa Max sem margens e que também temos exemplares do livro FCA dedicado ao Swift para oferecer ao longo desta semana.

Google Maps ganha perguntas e respostas




Se já usam o Google Maps para descobrir informação sobre locais e estabelecimentos vão gostar de saber que a partir de agora poderão fazer perguntas directas que poderão ser respondidas por outros utilizadores (ou responsáveis dos devidos locais).

Desta forma, em vez de se limitarem ao que foi dito nos comentários ou avaliações, podem tirar as dúvidas de forma mais imediata e sem terem que recorrer a outro serviço ou plataforma. Obviamente que isto também será uma forma de pressionar os donos de estabelecimentos a terem uma presença mais activa no Google Maps (e também manterem os dados actualizados sobre os seus estabelecimentos)... mas esperemos que o Google Maps não se comece a diversificar tanto, que torne necessário o lançamento de um Google Maps "Lite".


Google compra Fabby



A Google comprou os criadores da app Fabby, que aplica efeitos a imagens, mas cuja tecnologia recorre a inteligência artificial para detectar e individualizar rostos, melhorar a qualidade das imagens, ou até aplicar alterações como mudança de cor do cabelo.

Um dos efeitos mais imediatos é facilitar a criação do efeito de profundidade de campo reduzido, como tentam fazer muitos smartphones com câmara dupla (muitos deles a não terem bons resultados)... pelo que isto poderá ser uma indicação do que a Google pretenderá fazer no futuro.


Investigadores usam som para detectar impressões 3D maliciosas



Com a importância crescente da impressão 3D na indústria, há quem já vá imaginando uma nova vertente de ataque, em que malware consiga alterar a peça impressa, parecendo ser uma peça idêntica à pretendida mas sem a resistência pretendida.

Em vez de recorrer a dispendiosos testes de verificação da peça usando raios-X ou equivalentes, alguns investigadores dizem que bastará usar um microfone para escutar o processo de impressão, e que isso será suficiente para detectar se a peça impressa foi adulterada.


G Suite com novas ferramentas colaborativas



Os diversos programas da Google que constituem o G Suite (Docs, Sheets, Slides) já contam com múltiplas funcionalidades colaborativas para trabalhos em equipa, mas agora contam com alguns pedidos de longa data dos utilizadores, como a possibilidade de aceitar / rejeitar todas as alterações propostas aos documentos, e dar nomes às diferentes versões dos documentos.

Estas sugestões de alterações também podem ser feitas a partir das apps mobile, algo que estranhamente estava ausente. E os templates de documentos também passam a poder incluir add-ons, para acelerar o processo de criação de novos documentos "típicos" para cada situação. Pesquisar por outros documentos (e não só) também passa a estar acessível a partir da coluna lateral, evitando ter que sair da janela em que se está a trabalhar para procurar algo.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]