2017/11/06

Notícias do dia

O OnePlus 5T mantém ficha de headphones de 3.5mm mas não vai ter carregamento sem fios; o grupo ETTV lança site próprio de torrents; tivbemos a oportunidade de ver Blockchain explicado por Mark Russinovich; a louca aventura de fazer o teardown do iPhone X; o Koenigsegg Agera RS chega aos 447km/h na via pública; a Samsung aproveita os 10 anos de iPhone para novo "ataque" publicitário; e ainda o caos causado por um drone no aeroporto de Gatwick.

Antes de passarmos às notícias de hoje, relembro que estamos na recta final do passatempo da semana, que te pode valer um rato vertical ergonómico - pois amanhã chega novo passatempo.

Falha no Tor revelava IP dos utilizadores



Uma falha no Tor Browser, afectando as versões Mac e Linux, podia revelar o IP do utilizador caso clicassem num link usando o protocolo "file://" em vez dos mais habituais "http://" e "https://". Foi disponibilizada uma actualização de emergência para eliminar esta falha até que a mesma seja corrigida devidamente na próxima actualização.

Considerando que o utilizador típico da rede Tor será uma pessoa que não quer expor a sua informação, esta é uma falha que derrotava por completo todo o propósito da utilização do Tor. Caso estejam nesse grupo, será indispensável tratarem de fazer a actualização quanto antes.

Bem a propósito, vem aí grande actualização do Tor...



Falha nos cartões de identificação na Estónia deixa metade da população "desligada"



Usar cartões de identificação electrónicos traz um vasto número de vantagens... excepto quando se descobre alguma vulnerabilidade como a que agora está afectar metade dos cidadãos na Estónia. Uma falha do fabricante do hardware dos cartões emitidos deste Outubro de 2014 fez com que as operações com os mesmos tivessem que ser suspensas até que fossem aplicados certificados de segurança actualizados.

O processo de actualização pode ser feito online, mas para evitar sobrecargas foi primeiro disponibilizado apenas aos profissionais de saúde e utilizadores frequentes, sendo posteriormente aberto a todos os cidadãos.


Em Lisboa não houve filas para o iPhone X



Depois do lançamento do iPhone 8, com uma recepção moderada por parte do público (e sem as grandes filas que eram tradicionais no lançamento de novos iPhones) as filas regressaram a muitas lojas para o lançamento do muito aguardado iPhone X... mas na GMS Store do Chiado foi apenas um dia igual a qualquer outro.

Um visitante estrangeiro (certamente aproveitando a vinda ao Web Summit) ficou surpreendido por não ver nenhuma fila para apanhar um dos poucos iPhone X que estariam disponíveis (apenas 10 unidades) nem nenhum tratamento especial dado ao dia de lançamento (para além dos cartazes a anunciar a chegada do novo iPhone). Para quem quisesse um iPhone X "na hora"... tinha sido uma boa opção lá dar um salto, em vez de ficar algumas semanas em lista de espera no site da Apple.


Google aproveita falhanço do Google+ para se distanciar de polémica com Rússia



Nos EUA têm avançado inquéritos sobre as campanhas de desinformação lançadas por entidades russas com o intuito de manipular os resultados das eleições norte-americanas, com o Facebook, Twitter e Google a serem chamados perante o Congresso para explicarem até que ponto isso foi conseguido. E desta vez a Google pode gabar-se de o seu Google+ ter sido um falhanço, usando isso como desculpa para se distanciar dos demais.

A Google repetidamente fez questão de referir por diversas vezes que não é nenhuma "rede social", e o facto do Google+ não ter expressão é demonstrado pela ausência de tentativas de manipulação neste caso (já o YouTube, teve direito a alguns milhares de vídeos, com uma taxa de visionamento reduzida e que se pode considerar insignificante face às que foram atingidas por estas campanhas no Facebook e Twitter.)


Curtas do dia


Resumo da madrugada





Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]