2015/12/18

2 anos de OnePlus

O tempo passa a voar e até custa acreditar que a OnePlus já vai com dois anos de idade. O nosso Luis Costa faz uma breve reflexão do que representou a chegada desta marca ao mercado, e o que se poderá esperar/desejar para o futuro.


Apesar de volta e meia andar nas bocas do mundo, devido a atitudes mais polémicas, a OnePlus chegou, viu e venceu. A estreia da OnePlus no mercado com o seu OnePlus One foi uma pedrada no charco no mundo dos smartphones, apresentando-se com um hardware competente, de nível de "topo-de-gama" a um preço extremamente competitivo (mais complicado era conseguir comprar um, devido ao seu sistema por convites, mas que também contribuiu para o seu mediatismo e factor de desejo.)

A fasquia estava definida e em patamar bem elevado; o que também elevava as expectativas para a chegada do seu sucessor, o OnePlus 2. Perante essas mesmas expectativas, era previsível que qualquer que fosse o modelo, nunca iria agradar a todos. A ausência de carregamento rápido e NFC, a par da opção por um processador quentinho foram motivos suficientes para captar a atenção de público e imprensa. Mas num mercado bem mais concorrido, este modelo já não era o "flagship killer" que o modelo original tinha sido.

Felizmente, a OnePlus já estaria a prever tal situação e apressou-se a lançar novo modelo para o mercado. A chegada do OnePlus, X não sendo propriamente inesperada, acabou por ser uma novidade face ao que era a política da marca. Com este modelo a OnePlus preencheu mais uma fatia de mercado, obtendo aqui talvez (ainda) mais sucesso do que com o seu modelo de referência de 2015.

A empresa parece estar com os pés bem assentes na terra, consciente das suas limitações e responsabilidades, definindo muito claramente o que pretende para 2016. O facto de se descolar do selo de "one-hit wonder" e querer aproximar-se do estatuto das grandes marcas só pode ser visto como um sinal de responsabilidade.

Aguarda-se um terceiro ano em cheio e, esperemos, com mais novidades que possam representar novas pedradas no charco que façam abalar todo o segmento.

6 comentários:

  1. Carlos, estou a comentar aqui porque nos outros artigos sobre telemóveis mais económicos já está cheio de comentários e assim, espero que consigas atender ao meu pedido.

    Seria possível um artigo sobre telemóveis Android com, pelo menos 2GB de RAM mas no máximo com 4,5 polegadas de ecrã?

    Ando desesperadamente à procura de um substituto para o meu Samsung S2 (que tem ecrã de 4,3 polegadas) e é aquilo a que considero ser o tamanho máximo aceitável para um telemóvel.

    Acredito que, como eu, existam muitos mais 'desesperados' por voltarem a conseguir andar com o telemóvel nos bolsos da frente, mas que o possam fazer com equipamentos modernos, com, pelo menos, 2GB de RAM, pois com menos do que isso, é para esquecer.

    Existem rumores de que a Apple irá lançar um iPhone (versão 7?) com 4 polegadas de ecrã, e acredito que isso poderá vir a ajudar aos fabricantes de Androids a voltarem um pouco para as bases, pois ecrãs de 4,3 ou 4,5 polegadas com boas resoluções são mais do que suficientes para qualquer ser humano.

    Desde já o meu MUITO obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma excelente questão, mas que infelizmente não parece ter resposta (pelo menos, nos modelos que tenho visto).

      Dá-se até um caso curioso, de modelos com 5" (que já considero uma raridade face à invasão de 5.5") terem dimensões exteriores que são bem maiores que o velhinho Nexus 5, que consideraria estar no limite (para mim, obviamente.)

      Alguns fabricantes têm dado alguma atenção a reduzir as margens em redor do ecrã; vamos ver se em 2016 isso se traduzirá em tamanhos mais compactos, mesmo com ecrãs de 5 a 5.5"...

      Eliminar
    2. Muita gente procura( eu também) esse tipo de telemovel para caber num bolso das calças, o mais proximo que encontrei foi o Samsung A3 e Samsung S4 mini, mas não tem qualidade de ecran HD . Fala-se que a Apple vai lançar um Iphone igual exteriormente ao Ipod Touch , a ver vamos .

      Eliminar
  2. Infelizmente as marcas não estão a pensar no publico feminino, e com mãos pequenas. Ando também a procura de uma boa máquina para minha namorada largar seu iPhone 4s para Android e não consigo acabar nada de jeito com boas características e ecrã até 4'7, 4'8.....

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente as marcas não estão a pensar no publico feminino, e com mãos pequenas. Ando também a procura de uma boa máquina para minha namorada largar seu iPhone 4s para Android e não consigo acabar nada de jeito com boas características e ecrã até 4'7, 4'8.....

    ResponderEliminar

[pub]