2011/10/21

Liberdade Sim, Falta de Respeito Não

Venho desabafar convosco uma situação que ultimamente se tem tornado cada vez mais frequente e que infelizmente vem dar por terminada a minha política de "porta aberta" para todos.

Como devem saber, era um grande orgulho para mim poder dizer que nunca tinha eliminado comentários, mesmo os que roçavam a falta de respeito, e que em muitos casos - depois de algum tempo e esforço - até conseguia transformar em discussões válidas e construtivas.

No entanto, são cada vez mais mais os comentários anónimos que vão surgindo, e que se resumem a simples insultos ou acusações sem sentido, e que - não merecendo sequer qualquer tempo ou esforço de "discussão" da minha parte - passarão a ser sumariamente eliminados sem apelo nem agravo.

Aceitar todos os diferentes pontos de vista, sim. Dar qualquer tempo de antena a quem me falte ao respeito ou ao de qualquer outro leitor que tenha deixado um comentário, não obrigado!

Pelo mesmo caminho seguirão igualmente aqueles comentários de todos os que cá chegam, lêem um post, e onde automaticamente decidem: se falo bem da Apple sou fan-boy, se falo bem do Android sou biased. Penso que 4 anos de Aberto até de Madrugada serão mais que suficientes para que - quem me acompanha desse lado - já me conheçam relativamente bem, e saber que a minha principal paixão é a tecnologia, venha ela com que marca vier; e que o facto de ter as inevitáveis preferências por um ou outro produto, não me tem impedido de apreciar e/ou criticar os aspectos que acho poderem ser melhorados - quer sejam num iPhone, ou num Android, ou num leitor MP3, ou num robot aspirador.

Se não querem perder uns minutos a verificar isso através dos milhares de posts que já escrevi, também não vos vou dar precisosos minutos do meu tempo a "prová-lo". Penso que é uma reciprocidade justa... (e que me faz interrogar porque motivo essas pessoas não poupam também o seu tempo e seguem para outras paragens sem escrever esse tipo de comentários... Mas pronto...)


Portanto, não se procupem pois nada irá mudar "desse lado". Continuarei a aceitar comentários anónimos, (actualização: infelizmente, os comentários anónimos chegaram ao fim), pois admito que haja pessoas que aqui chegam e que querem colocar questões ou dúvidas pertinentes sem se incomodarem com "registos"... Mas, a tolerância aos comentários de mau tom passa a ter tolerância zero.

Obrigado a todos, e desculpem o desabafo.


40 comentários:

  1. Muito bem... Desabafa a vontade. Sou um leito muito assíduo do AadM. Apesar de muito (mas mesmo muito) raramente comentar (devido ao trabalho que possuo) adoro ler este blog. Sou um technology fan, e o AadM ajuda-me a saber ainda mais.

    Continua com o óptimo trabalho e conta comigo para o que for preciso.

    Avé Carlos ;) Um abraço e um óptimo fds!

    ResponderEliminar
  2. Boas Carlos,
    Acho uma atitude correcta! Desde que sigo o blog, o google group e o twitter do AaDM que comprovo que a fidelidade à tecnologia é sempre desvinculada de marcas ou gostos.

    Continua o excelente trabalho como tem sido até hoje que é para nós, leitores, um grande privilégio.

    ResponderEliminar
  3. Carlos:

    Brincadeiras que temos, nomeadamente na Mailing List, todos sabemos que és imparcial, isento e sério!

    Por mim força, elimina sempre os "trolleiros" e afins. Por mim até podes passar a registo obrigatório. Eu assino (aka user autenticado) sempre os meus comments porque assumo as minhas posições.

    Mas percebo que queiras manter aberto.
    MUTE NELES!

    Abraço e continua com o fabuloso trabalho.

    mpleite

    ResponderEliminar
  4. Eu consegui resolver esse problema dos comentários anonimos num site meu com uma maneira muito simples.

    Por os comentários pelo facebook, quando se perde o anonimato e usamos as contas que a familia pode ver, toda a gente tem mais cuidado com o que diz.

    ResponderEliminar
  5. Apoio a decisão.

    ResponderEliminar
  6. Acho muito bem ;)

    algumas sugestões já agora..

    Debaixo do titulo de cada post, o botão de like faz like ao blog, e acho que deveria fazer like ao post especifico ;)
    Da mesma maneira o botão de "+1", que não verifiquei se está correcto ou não.
    E já agora adicionar lá para o twitter.

    (isto independente do share do AddThis)

    Deixo link de exemplo tipo:
    http://www.engadget.com/2011/10/21/the-galaxy-nexus-super-amoled-display-is-a-minus-not-a-plus/

    ResponderEliminar
  7. @João

    Isso do like e do +1 é um bug que ando a tentar resolver. Nos outros blogs funciona bem, mas neste... tem dado "cagada". :(

    ResponderEliminar
  8. Em relação ao comentário do "zeto", concordo.
    Até porque esse sistema permite responder inline a um comentário especifico (algo que faz falta aqui). Ou em vez dos comments do Facebook, colocar comments do Disqus ;)

    ResponderEliminar
  9. Essa política dos comments pelo facebook tem um pro e um con. O Pro é que resolvia esta questão da falta de educação. O con é que nem toda a gente utiliza facebook.

    É, como diz o outro, "uma faca de dois legumes". Lol :)

    ResponderEliminar
  10. Boa! É isso mesmo! Há demasiadas pessoas a desabafarem on-line as suas frustrações da vida real :)

    Abraço,
    Pedro Martins

    ResponderEliminar
  11. A mim só me apetece dizer a este respeito:

    $#$"#%&$(/&)/&$%&#%&"#%"#$!"$"#%$()/(=

    E digo mais, a culpa de tudo isto é dos livros do TinTin e do capitão bêbedo que me insinou a falar assim.

    "#$%#&%(/&(/&)# para todos vocês!;)

    ResponderEliminar
  12. Se fosse para a funcionalidade de obrigar a estar registado, este do blogger chega.
    Há é outros com funcionalidades (responder a um comentário especifico) que acho interessantes e que os comentários do blogger não tem.

    ResponderEliminar
  13. Acho muito bem.
    Para falar mal e muitas vezes sem qualquer tipo de cabimento logo se junta muita gente. para apoiar ou criticar construtivamente todos fogem.
    Força!

    ResponderEliminar
  14. Essa situação já vinha se tornando por demais irritante. Apoio totalmente a sua política de tolerância zero. Há tipos que abusam do anonimato para destilar veneno e dar algum "picante" à sua vida miserável. Falo obviamente dos "trolls". Creio que a moderação dos comentários pode ser a melhor saída, pois não impedirá das pessoas que não querem se expor comentarem livremente e lhe dará condições para filtrar os comentários ofensivos. Continue com o seu bom trabalho, pois aqueles que o lêem nos blogs e no Twitter sabem lhe reconhecer o mérito.

    ResponderEliminar
  15. Insultar, é uma falta de respeito. Insultar em anonimato, é covardia.

    O meu comentário vai mais no sentido de apoiar o Carlos que nos merece todo o respeito pelo imenso trabalho que tem tido com o "nosso" blog.

    O(s) anónimo(s), não merecem comentários.

    UM GRANDE ABRAÇO, Carlos.

    ResponderEliminar
  16. Os trolls estão em todo o lado na net. Com a dimensão que o blog tem era inevitável que viessem cá parar.

    ResponderEliminar
  17. Sou sincero, raramente leio ou venho ao Blog, leio 3 vezes por dia os feed, não falho a leitura dos feeds. Realmente se há casos de insultos ou trolices, há que apagar os cimentos para o bem de todos. Continua com o excelente trabalho Carlos ;)

    ResponderEliminar
  18. Não gostei de ter que deixar de mandar a boca sempre que exageras com o iPhone :(

    ResponderEliminar
  19. Mai nada! Tens todo o meu apoio. Opiniões diferentes, mesmo de fanboys, biaseds (gostei do termo:) e outros, admitem-se, e até se pode tirar algum sumo. Com faltas de educação é mesmo cortar pela base e apagar. Não há nada pior para esta malta do que deixá-los aos saltos na cadeira, completamente amordaçados!
    Eu tb dava um +1, mas ainda ando a ver que raio faço com o Facebook, o Google+, o messenger, os feeds, e mais o raio que parta de tanto site social!

    ResponderEliminar
  20. Tenho no meu RSS 431 sites sobre Tecnologia e um dos que dou mais importância é esse. Ótimo blog, conteúdos incríveis. Você tem todo o direito de interferir para que tudo conbtinue ocorrendo bem. Parabéns!

    ResponderEliminar
  21. Para quem não respeita e não se dá ao respeito, "desactivar som" neles !

    ResponderEliminar
  22. Este blog, é quase a única razão pela qual leio o planetgeek (sinceramente, não aprecio muito a navegação da template aqui do blog, gostos...).

    Raramente comento, também por aceder indirectamente, mas face a este post, não queria deixar passar sem agradecer a horas dedicadas a compilar e produzir informação de qualidade sobre as mais recentes evoluções da tecnologia.

    Caga-te nos badamerdas invejosos que por não conseguirem fazer igual sequer, limitam-se a mandar abaixo. É pura inveja daquela que significa que estás a fazer algo de qualidade.

    Keep up the good work! :)

    ResponderEliminar
  23. A questão é simples:

    O blog é teu e tu impões as regras.

    Quem aceita, tudo bem... quem não aceita: a porta da rua é a serventia da casa

    um abraço

    ResponderEliminar
  24. Concordo e apoio. Saudações e bom fim de semana Carlos.

    ResponderEliminar
  25. Carlos, tem toda razão! Esses "senhores" mal educados são uma praga na sociedade. Só sabem escrever idiotices e não contribuem com nada. Eu adoro o Blog. Já mudei várias vezes de opinião em comprar certos tipos de telefones depois de ver os testes aqui. Força com o Blog. Já agora, adoro essa frase "Programador desde o tempo dos monitores de fósforo verde." . LOL... abraço e redeas curtas nesses animais ... lol

    ResponderEliminar
  26. Concordo plenamente contigo Carlos.
    Eu raramente faço comentários, mas não passa um dia que venha ao teu blog ler as novidades.
    Continua o excelente trabalho que tens feito!

    ResponderEliminar
  27. Olá eu sou o *******.
    Espera, eu gosto de manter a minha identidade para mim mesmo.
    Não que tenha alguma coisa a esconder, mas sim que não tenho nada a publicitar, nem tanto menos tenho uma identidade cibernética que gosto ou me orgulhe de utilizar.


    Sou frequentador assíduo da casa.
    Comento por vezes, sempre com o estatudo de anónimo. Sempre que o fiz com repeito e assim o farei.

    Todos sabemos que não é o fato de este blog permitir comentários anónimos que faz com que existem insultos e desrespeito.
    Embora esteja presente essa facilidade.

    ResponderEliminar
  28. Liberdade ou libertinagem? Um paradigma com a Internet.
    Houve um tempo em que o povo dizia “Isto é verdade porque o Padre disse-o na Igreja durante a Missa!” e todos acreditavam.
    Os tempos evoluíram e com o surgimento da Impressa escrita, o povo passou a dizer “Isto é verdade porque vem no Jornal!” e todos acreditavam.
    Os tempos continuaram a evoluir e com o surgimento da rádio e da Televisão, o povo passou a dizer “Isto é verdade porque ouvi na rádio!” ou “Isto é verdade porque vi na televisão!” e todos acreditam.
    Mas com o surgimento da Internet e com a facilidade que esta nos presenteia, pois vivemos tempos em que qualquer pessoa pode escrever algo numa qualquer página sem que ninguém o possa impedir, já não podemos nem devemos dizer “Isto é verdade porque li na Internet!”
    Toda a informação na Internet não passa disso, certa ou errada é Informação. De nada nos serve se não tivermos pensamento crítico e capacidade de análise para podermos construir o nosso próprio conhecimento discernindo o que é certo ou o que é errado. Estamos perante um novo paradigma.
    Assistimos impotentes aos constantes atropelos à língua portuguesa e às instituições públicas e privadas com uma imagem séria quando se percorre os muitos comentários de pessoas menos informadas ou com opiniões distintas que não abdicam de expor a sua opinião, mesmo que para tal estejam a denegrir a imagem do titular dessa página ou até mesmo a sua própria pessoa.
    É de louvar a vontade de muitas instituições em concordarem com esta liberdade, agindo numa atitude meramente correctiva, eliminando os diversos comentários, muitas vezes nefastos, e aguardando que os autores destes não os repitam. Sim! Porque a alternativa seria acabar com esta liberdade! Mas tal causaria o prejuízo dos que usam, querem e vão usar estes novos canais de comunicação para contribuir para o bem da sua comunidade, País ou até mesmo deles próprios como indivíduos e cidadãos.
    Mas a que se deve esta atitude? Na minha opinião deve-se à confusão entre a “Liberdade” e a “Libertinagem”. É preciso distinguir uma da outra. É preciso distinguir o que é ser livre e ser libertino. Quando se usa a liberdade sem compromisso com a verdade e com a responsabilidade torna-se libertinagem e esta jamais será capaz de gerar felicidade.
    Ser-se Livre não é fazer tudo o que se quer, mas muitas vezes é ter a capacidade de não fazer o que se quer mas sim o que é melhor para a sua família, para a sociedade onde se insere ou até mesmo para o seu País. Ser-se livre é contribuir para o crescimento de uma instituição. Ser-se livre é contribuir positivamente para a construção de algo. E aí sim será feliz pois contribuiu para algo positivo e assim manter-se-á a Internet livre pois não haverá necessidade de atitudes bloqueadoras, correctivas ou até mesmo restritivas.

    ResponderEliminar
  29. Por acaso também sou dos que gosta, muito, do que escreves. Nunca pus em causa que pensas pela tua cabeça e que és 100% sincero nas tuas opiniões.

    Um exemplo de equilíbrio no campeonato BenfiOS - Portroid. Desculpa lá se usei algum post teu para picar os do Portroid, mas às vezes a tentação é demasiado grande. :D

    ResponderEliminar
  30. Mais um voto de apoio ao Carlos Martins e tolerância zero em relação aos trolls...

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  31. Força.. bro.. estamos contigo...

    e ja agora o blog..

    simplesmente brutal...

    ResponderEliminar
  32. Tens toda a razão Carlos!
    Pessoalmente agradeço a tua disponibilidade, o AadM é visitado por mim diariamente, sendo também um apaixonado de tecnologia acredito piamente na tua imparcialidade. Talvez por seres tão apaixonado pelos assuntos debatidos podes ser visto como um defensor de certas marcas, mas não podiam estar mais errados.

    Não baixes os braços, tens muitos seguidores que apreciam o teu trabalho. Mais uma vez parabéns!

    ResponderEliminar
  33. Apoiado!

    Faz aí um .gitignore e deixa apenas passar o que é construtivo!

    Abraço e parabéns pelo bom trabalho.

    ResponderEliminar
  34. O problema está na plataforma em que os comentários são efectuados. Se num chat, não existiam regras especificas, apenas interesses, nos forums existiam temas com regras, nos blogs existem opinioes. Nas novas "redes sociais", reinam a falta de regras e temas, ao contrario das opinioes. Isto de se criar grupos, é nada mais do que uma tentativa frustrada, de criação de grupos de interesse, sem terem formas efectivas de controlo. As regras estão pré-establecidas, mas são demasiado abrangentes. Daí, o abuso, quando as leis são amplas, incorre-se no perigo de se tentar encontrar os seus limites. Concordo com a atitude do Carlos, com algumas reservas, nomeadamente, a sua incapacidade de criar regras preventivas especificas. Mas, não se sinta culpado, a sua incapacidade para tal, é fruto dos tempos em que vivemos. Opiniões valem mais do que factos, esta é a realidade actual.

    ResponderEliminar

[pub]