2018/04/19

Opera encerra serviço de VPN gratuito


Numa altura em que os serviços de VPN se vão tornando cada vez mais necessários, a Opera toma a decisão oposta e anuncia que irá encerrar o seu serviço gratuito de VPN já no final deste mês.


Apple recusa reparar iMac Pro


Depois das polémicas com o bloqueio de componentes em reparações não-oficiais nos iPhones, a Apple volta a ficar no centro das atenções por não reparar um dos dispendiosos iMac Pro.


Carregador Xiaomi 60W com USB-C e 5 portas USB


Os dispositivos com portas USB-C vão sendo cada vez mais comuns, e por isso será conveniente começar a usar carregadores também com esta porta, como é o caso deste carregador da Xiaomi.


Notícias do dia

Apple prepara novos iPhones para Junho ou Julho e amealha 86% dos lucros no sector dos smartphones; espreitamos algumas das novidades do Android P; vimos um smartwatch com GPS e 3G por €45; Google testa novo Google Feed que desperdiça mais espaço; a T-Mobile usou toques falsos de "chamadas" que não conseguia efectuar; e um jovem canadiano descobre informação confidencial acessível publicamente em site governamental - é vai preso por isso.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já estamos a oferecer o livro FCA escolhido para esta semana, dedicado a um tema bem apropriado para o momento: o livro "Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados" da FCA.

Tempo gasto nos smartphones prestes a superar TV na China





Apple recolhe 86% dos lucros no sector dos smartphones


A Apple continua a ser um caso único no mundo, onde mesmo com uma posição minoritárias no volume de vendas, consegue manter um verdadeiro monopólio... nos lucros.


Google testa novo Google Feed que desperdiça mais espaço


A Google não pára de testar variações nos seus produtos, e o Google Feed (ex-Google Now) não é excepção. Infelizmente, uma das versões que está a ser testada faz-nos recear que a mania da Google em insistir em designs que desperdiçam espaço ainda perdure.


T-Mobile usou toques falsos de "chamadas" que não conseguia efectuar


Os operadores de telecomunicações têm uma relação "complicada" com os clientes, e incidentes como este da T-Mobile fazem-nos temer que essa situação nunca venha a mudar, a avaliar pelas coisas a que são capazes de chegar para enganar os clientes.