2015/12/30

Microsoft usa patente de slider de zoom para processar a Corel

Tenham muito cuidado se decidirem usar um slider para ajustar o zoom num programa vosso, pois a Microsoft detém a patente sobre isso e poderá processar-vos.

As coisas que actualmente são aceites como patentes roçam (e ultrapassam) o limite do ridículo, e desta vez cabe à MS ser destacada para a rubrica da patente mais estúpida do mês da EFF. É que, a Microsoft detém a patente de um slider que contenha os símbolos de "menos" e "mais" nas extremidades do mesmo, e está a usá-la num processo contra a Corel, que utiliza um elemento idêntico em vários dos seus programas.

Um caso que se poderia considerar ridículo tem no entanto repercussões bastante gravosas para uma companhia que se tenha que defender de tal processo. É que segundo as leis norte-americanas, se o tribunal determinar que o elemento está a infringir a patente, a MS passa a ter direito a reclamar para si todos os lucros de todos os programas que tiverem utilizado esse elemento - não tendo em consideração se esse elemento tem um impacto significativo na usabilidade do produto ou não.

É uma situação com que a Samsung também se tem deparado no seu caso contra a Apple, e que já fez a empresa sul-coreana descrever o quanto isto é ridículo dando como exemplo um caso de uma empresa que fabrique camiões, e que teria que ceder todos os lucros das suas vendas a uma empresa que a processasse por usarem um apoio de copos que estivesse patenteado.

Acho que vou patentear o processo de ser processado devido a patentes ridículas, e depois processo todos os que andam a processar com bases em patentes como estas! :P

2 comentários:

  1. Qualquer dia processam as marcas de mesas mistura :)

    ResponderEliminar
  2. Depois da porcaria que fizeram com o Windows 10 já acredito em tudo!

    ResponderEliminar

[pub]