2016/01/29

Microsoft só vendeu 4.5 milhões de Windows Phones no último trimestre


Já se sabia que a plataforma Windows nos smartphones enfrentava problemas complicados, mas os dados revelam que o panorama é muito pior do que se imaginava, com a Microsoft a ter vendido apenas 4.5 milhões de Lumias no último trimestre.

Não só este volume de 4.5 milhões de Lumias vendidos é preocupante por ser bastante reduzido, como - talvez pior ainda - é o facto de isso representar uma queda de 57%(!) face ao mesmo período do ano passado, em que tinha vendido 10.5 milhões de unidades.


Isto coloca o total de smartphones Lumia vendidos desde o seu início, em 2012, em 110 milhões de unidades - um valor que é eclipsado pelos 4.5 mil milhões de unidades de smartphones com Android e iOS que foram vendidos nesse mesmo período.

As coisas estão mesmo muito complicadas para a Microsoft nos smartphones, e não é certo que a sua intenção de abandonar a marca "Lumia" e apostar numa nova gama Surface possa obter os resultados desejados a curto prazo. Mesmo que fossem um sucesso ao ponto de fazer subir as vendas 100%, continuaria a se um volume extremamente reduzido face à concorrência...

Resta agora esperar para ver qual será a posição da Microsoft, se continuará a insistir em ter os seus próprios smartphones Windows... ou se se resignará a ter perdido esta batalha, centrando-se na criação de software que possa ser considerado "indispensável" nas plataformas concorrentes (algo que já tem feito, e bem.)

13 comentários:

  1. Pena que deram cabo da Nokia no processo....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Nokia deu cabo de si mesma ao deixar-se dormir de baixo da bananeira.

      Eliminar
  2. isto é resultado de acabarem com a marca nokia, as pessoas principalmente europeus ainda iam comprar o seu novo nokia (nem sequer sabem o que é android ou windows phone) agora vão as lojas e não encontram o nokia, compram um samsung porque o homem da loja disse que era o melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é verdade o que dizes, mas a grande perda explica-se mais pelo facto de não lancarem flagships com a mesma periodicidade de por exemplo uma Samsung ou Apple.

      Além disso tens tb os marmanjos/marmanjas nas lojas das operadoras que quando levas um WP para comprar tem dizem: "você sabe o que está a fazer? esses tlms não prestam isso não tem aplicações nenhumas é melhor levar um android pelo mesmo preço" - ISTO ACONTECE, aconteceu-me quando foi comprar o meu..
      Resumindo, a menina da loja da vodafone, queria que eu trocasse um tlm recente, com atualizações, e com 1gb de ram, por um com 512mb de ram e o android 4.0.4, porque ela acha melhor, porque tem Android, Srs. e Sras tenham 2 dedos de testa quando isto vos acontecer.. claro para eles é melhor, daqui a meio ano vendem-te outro igual pq aquele já não funciona em condições.

      Sinceramente, trabalho diariamente com os 3 grandes, Android, Iphone e Windows Phone, e portanto conheço os pontos fortes e fracos de cada SO.
      Como tlm pessoal era utilizador Android, e deixei de o ser à meio-ano pra cá, quando comprei um Lumia 735, só vos tenho a dizer que foi a melhor compra que fiz

      A desculpa que muitos dão: "as aplicações", para grande parte das pessoas não é válida, existem aplicações de sobra para uma utilização diária, posso vos dizer que a única app que me faz realmente falta é a NBclick em que basicamente carregas o tlm com meia duzia de "cliques", entretanto acabei por comprar mais 3 WP, um para a minha companheira e outro para a minha mãe.
      No caso da minha companheira, (um bom exemplo do grosso dos utilizadores de smartphones) "via-se grega" com smartphones, blackberry era +/-, Android um bicho de 7 cabeças, iphone idem aspas, com o WP a curva de aprendizagem foi muito menor, quando antes me perguntava como se fazia "isto ou aquilo", agora não, agora sabe fazer, no WP é fácil é mais intuitivo.

      Fanatismos à parte, temos de admitir que para o grosso da população um android abaixo de 400€ não serve (a não ser que seja um NExus ou um One plus one), ficam lentos rapidamente devido a quantidade de lixo que instalam, já vêm cheios de lixo das operadoras/marcas, a grande parte não tem atualizações e mais cedo ou mais tarde quem percebe alguma coisa acaba por fazer root para limpar ou instalar uma ROM.
      Ora, o grosso da pop. não percebe nada de roots e roms e etc, ficariam muito melhor servidos com um WP, são relativamente baratos, tem updates, não ficam lentos, não encravam e simpelsmente funcionam no dia a dia, e não tem de esperar 20 ou 30 segundos depois de carregar em atender para realmente atender a chamada, como vejo muitos... quem diz atender uma chamada diz ir ao facebook ou ao messenger, ou ao instagram.

      Obviamente esta é a minha opinião e a minha experiência, vale o que vale.
      Cada um compra o que a carteira permite, o que gosta ou o que simplesmente é prático para a sua utilização, não deixem que o fanatismo das marcas vos torne cegos.

      Eliminar
    2. a chatice para a malta mais nova é não ter elementos que se podem encontrar noutras plataformas, e coisas que até dão importância na utilização que eu dou ao telemóvel... por exemplo, kobo, kindle, snapchat, tinder, grindr, app da tsf, do expresso, do observador, da nespresso, do horario dos autocarros, e dos comboios, da fox play, do iris online, da rtp play, do swiftkey, a do nb tmb, e a do edenred, da nos wifi, do adobe digital editions, do screebl, do quizup, do comparativo dos combustiveis gpl.. basicamente aquilo que me faz ir ao smartphone, além do mail e das chamadas e sms. Vejo muitas vantagens, mas não estou para aventuras. Talvez esteja muito longe do utilizador padrão, mas em certa maneira ainda parece o mesmo que tentar explorar o linux, talvez consigas uma copia rasca do spss, perdes 72 horas a tentar perceber como fazes o que costumas fazer e depois regressas ao windows (neste caso, android)

      Eliminar
    3. Eu percebo, cada usa e compra o que é ajustado às suas necessidades.
      Da lista de apps que deste, existem:
      (algumas com outro nome e não oficiais, mas não ser oficial nem sempre é mau,a app do instagram 6tag é muito mas muito superior à oficial)
      snapchat não oficial,
      edenred não é oficial,
      NB se for a app normal como era no android que era link para o site existe a aplicação "Tiles Toolbox" em que podes criar os teus proprios atalhos e colocar como Tile no ecra principal, seja atalho para site seja para funcionalidades internas, tipo laterna, rede movel, e por ai..
      De resto para noticias uso a Phonely em que agrego os feeds dos sites de noticias que me interessam e organizo a minha maneira sem ter de usar uma app para cada.
      As apps das TVs e por aí realmente é uma pena que ainda não existam muitas, mas espero que com a chegada do 10 mobile e as universal Apps o paradigma mude.

      Eliminar
  3. Ao contrário da fama que tem, eu pessoalmente acho que o Windows Phone é um sistema pouco intuitivo e esteticamente pouco apelativo.

    ResponderEliminar
  4. No meu entender o windows phone começou tarde mas ganhou adeptos pela força de ambas as marcas (nokia e windows), e embora a oferta de aplicações pudesse não ser brilhante com falhas nas aplicações mais populares. O crescimento não foi rápido o suficiente para gerar massa crítica a tempo das expectativas dos clientes terem sido defraudadas. E é provável que quem optou por um lumia na primeira vez, não o faça da segunda. Para mim é uma plataforma brilhante e com um nível de user-experience polida ao nível do ios, coerente na interface das apps oficiais com o resto do so, mas no que diz respeito a third-party... é curioso como o líder dos desktops e do sotfware third-party, tem uma prestação tão díspar no segmento móvel. Por outro lado, a ideia de criar uma app store à semelhança do que o ubuntu tinha feito nas suas versões que mostraram ser um excelente conceito, tiveram como consequência a criação de um universo paralelo das apps no desktop. A mim criava-me imensa confusão no windows 8 haver 6 formas diferentes de chegar ao mesmo fim, e sempre duas interfaces disntintas para realizar a mesma operação. É um labirinto escolher a resolução do ecrã e o fundo do ambiente de trabalho, duas coisas que se alcançam por caminhos diamentralmente opostos, dois "windows update", duas calculadoras, e que com o mesmo nome têm capacidades diferentes. Agora no windows 10, as apps parecem remetidas para o lugar de meras curiosidades. Se eu fosse developer sentia-me perdido porque uma app é muito limitada e confusa no acesso via cursor, substima a capacidade de um pc com ecra de alta resolução e so está disponivel do windows 8 pra ferente, oposto fica fora do mobile, em suma, teria de cozinhar 3 versões muito diferentes para chegar a vários mercados que não se sobrepõem e tendem a excluir-se.

    ResponderEliminar
  5. Para mim os melhores telefones são os da Samsung. Um amigo meu que era fã do iPhone e dizia que o iPhone era o melhor, há pouco tempo apaixonou-se pelo meu S6 Edge e já vendeu o iPhone e comprou um Edge! Porque quem experimenta um topo de gama da Samsug nunca maia quer outro telefone!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão. Samsung \ Android é que é bom...
      Daqui por 6 meses sai uma nova versão de Android e rapidamente perceberás que, se a quiseres, terás de comprar outro telemovel mais recente.
      Nem os dois anos de actualizações frequentes eles garantem.

      Eliminar
    2. só tive android htc e agora recentemente asus, estou muito agradado com o resultado, tenho o lollipop com a primeira versão do zenfone e também não tenho uma obcessão por andar na crista da onda das versões. não me incomoda ficar com o lollipop durante mais 2 anos, e se for ficando mais lento terá de ser um mal necessário a suportar

      Eliminar
    3. X, não te esqueças do que a Microsoft fez com os Windows Phone 7... que ficaram "esquecidos" sem direito ao 8. E mesmo agora com o Windows 10... muitos modelos vão ficar novamente pelo caminho (a ver pelo tempo que está a demorar a concretizar a promessa de que tal não aconteceria...)

      Eliminar
    4. X, eu tenho o Edge mas antes tinha o Note 2 e depois dei-o ao meu primo e ele ainda não se queixou pelo contrário diz que nunca teve um telefone tão bom! De qualquer forma eu tenciono comprar o S7 caso tenha 4K para usar com o próximo Gear vr. E acho que irá ser o meu ultimo smatphone porque daqui a uns 2 ou 3 anos os óculos de realidade aumentada vão começar a substituir os telefones!

      Eliminar

[pub]