2016/02/20

Converter fotos para modelos 3D


Se precisam de converter algo para um modelo 3D, poderão gostar de saber que provavelmente já têm acesso a um scanner 3D sem o saberem: pois basta usar uma qualquer câmara fotográfica, mesmo que seja a do vosso smartphone.

Algumas pessoas poderão sentir-se à vontade para abrir uma página em branco num programa de modelação 3D e criarem aquilo que desejarem; para a maioria, essa é um proposta assustadora que teria como resultado "qualquer coisa" que seria certamente bastante abstracta e artística, mas longe de ser aquilo que se gostaria de obter. Por isso, o processo de fazer um scan 3D torna-se numa proposta bem mais interessante e pode ser feito recorrendo unicamente a fotografias.


A ideia é simples: bastará tirarem algumas dezenas de fotos, variando ligeiramente de posição entre cada uma delas, de modo a captarem o objecto pretendido de todos os ângulos possíveis (e de preferência mantendo uma pequena sobreposição entre as imagens.)

As fotografias deverão ter a melhor qualidade possível, e haverá alguns truques que poderão ajudar a ter resultados mais profissionais, como manter os ajustes da câmara em modo manual, para que não variem de foto para foto. Mas isso é algo que irão aprendendo implicitamente com a experiência.

Depois de captadas as fotos, a fase seguinte consiste em recorrer a um programa que faça a conversão de todas estas fotos no desejado modelo 3D, e para isso a opção "profissional" é o Agisoft PhotoScan (têm uma versão demo disponível se quiserem experimentar - mas a versão final tem um custo de $179). Felizmente, há alternativas, com o Memento da Autodesk, que não só é gratuito (pelo menos por enquanto), como também tem a vantagem de ser um sistema que trabalha na cloud, pelo que não precisarão de ter uma máquina super-potente para fazer este processamento, como acontece com o PhotoScan. Outra alternativa que poderão considerar é o 123D Catch, também da Autodesk, e que está disponível para Windows e plataformas mobile.

Depois... é só irem tirando fotos e experimentando com este processo de scan 3D, que vos poderá dar resultados como este que se segue.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]