2016/02/17

Freedom 251 é um smartphone Android que custa €3.29


A descida do preço dos smartphones tem-nos trazido modelos que nos deixam ficar de queixo caído; mas agora temos um novo campeão dos preços baixos que rebenta com a escala: o Freedom 251 é um smartphone Android que custa apenas 3.29 euros.

Já temos visto telemóveis a preços super-reduzidos, e modelos Android cada vez mais apetrechados que vão baixando da barreira dos 100 euros e aproximando-se dos 50 euros. Mas este Freedom 251 indiano está num universo completamente à parte, pois fica disponível por apenas 251 rupias, o equivalente a 3.29 euros.

Mais incrível talvez, será o facto deste preço não ser subsidiado, e do seu hardware ser surpreendentemente decente (novamente, relembrando o facto de estarmos a falar de um smartphone de 3 euros!) O Freedoom 251 vem com um ecrã de 4" (960x560), CPU quad-core a 1.3GHz, 1GB de RAM, 8GB + microSD, câmaras de 3.2MP e 0.3MP, bateria de 1450mAh, e com Android 5.1.

Este smartphone vem com acesso oficial ao Google Play, e um conjunto de apps pré-instaladas, como o WhatsApp, Facebook, e YouTube, a par de outras vocacionadas para o mercado regional indiano, com acesso a informação de saúde, pescas, agricultura, e até segurança para as mulheres.

Mas acima de tudo... estão a conseguir imaginar que este é um smartphone que custa 3.29 euros!?! :)

5 comentários:

  1. E virá para cá? era porreiro para usar como 2º telemóvel.

    ResponderEliminar
  2. Acho que esse preço só é possível porque o governo Indiano abriu um programa em subsidiava a venda deste tipo de equipamentos dentro de determinadas regras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também penso que é o caso, mas nem tudo são rosas:
      http://www.dnaindia.com/scitech/report-the-freedom-251-fiasco-what-the-hell-is-going-on-2178927

      Eliminar
    2. De facto! Quase que deixa de ser sensato fazer posts sensacionalistas em relação ao preço do dito cujo, quando a situação é assim tão duvidosa.

      Eliminar
    3. Ter em conta que as notícias são divulgadas, e só posteriormente vão surgindo informações adicionais. Quando a agendei, estava a ser referenciada por sites credíveis (e dentro do possível para um país onde já se fizeram lançamentos de tablets a preços igualmente reduzidos.)

      Eliminar

[pub]