2016/02/12

Raw Data é um jogo VR que te faz acreditar que é real


Estamos a entrar numa nova era da realidade virtual, e ainda há um longo caminho pela frente a percorrer. Mas jogos como o Raw Data da Survios poderão surpreender os jogadores ao fazê-los sentir que estão num mundo real.

A experiência de entrar no mundo de realidade virtual, depois de passada a fase inicial onde reparamos que o ecrã poderá não ter ainda a resolução e qualidade desejada, é completamente diferente de olhar para um ecrã. Aqui, mesmo sabendo que estamos a olhar para um ecrã, tudo tem um impacto diferente... ao ponto de nos poder causar vertigens quando se olha para baixo à beira de um precipício, ou de nos fazer cortar a respiração numa viagem simulada por uma montanha russa (ou quando se dá um salto do topo de um edifício com 40 ou 50 andares!)

E é nisso mesmo que aposta o Raw Data da Survios. Neste jogo para dois jogadores (reais) temos que proteger contra vagas de atacantes que tentam ocupar a nossa posição, tendo à disposição um vasto arsenal de diferentes armas, de pistolas e caçadeiras a arcos e flechas, e até espadas laser. E o mais curioso é que, embora não se tenha tecnologia para criar um "force feedback" físico que nos impeça de mexer fisicamente para além dos limites daquilo que vemos no mundo virtual, grande parte dos jogadores automaticamente limita os seus movimentos em função daquilo que está a ver.


Por exemplo, ao usarem uma espada laser, poderão parar o braço quando a espada bate na de um oponente, mesmo se na realidade nada os impede de continuar o movimento como se nada lá estivesse. Claro que para isso terão que estar mentalizados para entrar no "mundo do jogo" e não irem para lá com o objectivo de quebrarem as regras, mas não deixa de ser um fenómeno curioso e que certamente irá ser explorado cada vez mais, à medida que se vão criando sistemas VR que permitam simular mundos e sensações cada vez mais realistas.

... Esperemos que não ao ponto de um acidente num jogo de simulação de corridas de automóveis nos poder mandar para o hospital! :)


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]