2016/02/28

Venda de casas (reais) em Realidade Virtual


A realidade virtual pode ainda ser considerada uma coisa esquisita, mas há vários sectores que se estão a adaptar bastante rapidamente a esta tecnologia por lhe ser benéfica para o negócio, como é o caso das imobiliárias.

Comprar uma casa é algo que tradicionalmente começa por ver fotografias num catálogo ou site na web, sendo seguida por uma visita ao local - coisa que obriga a deslocações e a perder tempo. Com a realidade virtual, tudo isto pode ser combinado num único passo, e as imobiliárias estão a apressar-se para tirar partido da Realidade Virtual.

Com a realidade virtual, os potenciais clientes podem "entrar" dentro das casas que lhes interessam sem terem que sair de casa. Algo que não só permite que visitem muitas mais casas (coisa que provavelmente não fariam fisicamente) como até permite visualizarem casas e propriedade de ângulos que não poderiam ver no mundo real - a não ser que usassem helicópteros. É também possível apresentar nas imagens virtuais informações adicionais, ou até mostrar imóveis que ainda nem sequer existem, mas que em VR permitirão dar uma ideia mais próxima daquilo que serão quando estiverem concluídos.


São estas, e outras, aplicações que aos poucos irão começar a demonstrar as potencialidades da realidade virtual aplicadas a casos reais - e seguramente fazer com que, inevitavelmente, a mesma se torne em algo tão comum quanto hoje consideramos ter um smartphone ou um televisor.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]