2016/03/01

Carro autónomo do Google provoca primeiro acidente?


Depois de já ter estado envolvido nalguns acidentes, sempre sem culpa, parece que o carro autónomo do Google foi finalmente apanhado num acidente provocado por si e em que bateu num autocarro.

O automóvel do Google foi apanhado numa situação complicada, com a qual tentou lidar da melhor forma. O carro detectou um tampa de saneamento que tinha sido rodeada por sacos de areia, e optou por contornar o obstáculo chegando-se para a esquerda. Infelizmente para o cérebro digital do automóvel, pela esquerda vinha um autocarro que não facilitou a manobra, fazendo com que o carro do Google lhe raspasse na lateral.

Importa referir que o carro do Google estava a avançar timidamente à velocidade de 3Km/h, enquanto que o autocarro seguia também a uma velocidade de cerca de 25Km/h; e que o autocarro tinha sido detectado correctamente pelos sensores do veículo. O carro do Google foi apenas vítima do mesmo tipo de erro cometido por muitos condutores humanos, que pensaram (erradamente) que outro condutor iria ter outro comportamento.

Este incidente já fez com que a equipa afinasse a "inteligência" do automóvel, de modo a ter em consideração que certos tipos de veículos (como os autocarros) terão menos propensão para facilitar ou ceder a passagem. Mas, há também quem há queira utilizar este incidente como justificação para o fim dos testes dos automóveis sem condutor nas estradas públicas... Ignorando que o real problema com os carros sem condutor não são os carros sem condutor, mas sim todos os outros veículos que ainda têm condutores.


Actualização: já temos vídeo do incidente, registado pelas câmaras a bordo do autocarro.

5 comentários:

  1. Provavelmente o condutor profissional do autocarro não vê com bons olhos os veículos que não precisam de condutor e decidiu provocar um ligeiro atraso na entrada destes veículos no mercado ;)

    ResponderEliminar
  2. Provavelmente o condutor profissional do autocarro não vê com bons olhos os veículos que não precisam de condutor e decidiu provocar um ligeiro atraso na entrada destes veículos no mercado ;)

    ResponderEliminar
  3. 1 acidente em milhoes de quilómetros é motivo de tanto alarido porque?

    ResponderEliminar
  4. Mesmo, pelas várias noticias que já li, o carro parece ter feito uma coisa normal, agora é como dizes David, 1 acidente em milhões de km e a 3kmh,o ppl queria o k? Que fossem perfeitos a nascença? XD

    ResponderEliminar
  5. Ia a 3km/h provavelmente ninguém reduziria sequer a velocidade.

    ResponderEliminar

[pub]