2016/03/02

Investigadores criam WiFi passivo que consome 10 mil vezes menos energia


O WiFi pode ser um dos sistemas mais universais de comunicação wireless, mas tem o inconveniente de gastar bastante energia - coisa que um grupo de investigadores diz ter resolvido com o seu novo sistema de WiFi passivo, que gasta apenas uma fracção da energia.

Não é por acaso que, mesmo com o WiFi a estar disseminado por todo o lado, se continuam a ver sistemas de comunicação wireless alternativos, como o Bluetooth, Zigbee, etc. O problema é que o WiFi está por todo o lado mas não era propriamente adequado para aplicações onde o importante seja manter consumos reduzidos, mesmo que à custa de velocidades e largura de banda mais reduzidas.

Mas agora temos um novo sistema de WiFi passivo que promete ser mais eficiente que as comunicações bluetooth, e que gastará 10,000x menos energia que o mais poupado sistema WiFi.

De certa forma, podemos dizer que este sistema faz batota, pois em vez de gastar energia para fazer uma transmissão, limita-se a manipular reflexões de sinais WiFi gerados por outro módulo que fica ligado a uma tomada eléctrica.


Nos testes, este sistema permitiu comunicar a velocidades de até 11Mbps e distâncias de até 30 metros de distância, usando uma mera fracção da energia tradicionalmente necessária para uma comunicação WiFi (sendo que tem a grande vantagem de este sistema passivo ser 100% compatível com sistemas WiFi já existentes.)

Para além das óbvias vantagens a nível de todo e qualquer dispositivo mobile, como smartphones; este sistema permitirá criar toda uma nova geração de produtos com comunicação WiFi que tradicionalmente não poderia funcionar sem estar ligados a uma tomada (por exemplo, câmaras de vídeo) ou que tinham que funcionar usando Bluetooth ou ZigBee e ficarem sujeitos às limitações desses sistemas.

Esta tecnologia "revolucionária" deverá ser comercializada por uma empresa chamada Jeeva Wireless, pelo que é só ficar atento a este nome... que isto vai certamente dar muito que falar assim que chegar ao mercado sob a forma de produtos comerciais.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]