2016/07/08

Ataque de phishing pede dinheiro a quem pirateou o Game of Thrones


Quem faz download de séries pirateadas, como o Game of Thrones, arrisca-se a receber uma carta a exigir o pagamento de umas centenas de dólares para evitar ser levado a tribunal - a diferença é que desta vez quem está a exigir o dinheiro não são os legítimos detentores dos direitos da série.

Há que lhes dar crédito; quem quer que sejam as pessoas por trás dos ataques de phishing, parecem não perder uma oportunidade para tentarem amealhar mais uns euros à custa de uns emails que enganem as vítimas. Desta vez parecem estar a fazer precisamente o mesmo tipo de trabalho que as entidades anti-pirataria fazem, compilando os IPs de pessoas que descarregam séries da internet via torrents, e de seguida enviando os pedidos de identificação para os respectivos ISPs de modo a chegarem aos utilizadores finais.

Neste caso o ataque parece estar direccionado contra utilizadores que tenham descarregado episódios da série Game of Thrones - uma opção lógica, considerando que se trata de uma das séries mais pirateadas de sempre, e que conta com um enorme volume de potenciais vítimas.

O email enviado é em tudo idêntico a um email "oficial" da HBO, razão pela qual até tem enganado vários operadores de internet, que reencaminham os emails para os seus clientes. E não será difícil imaginar que quando confrontados com um email deste tipo, que em tudo parece ser legítimo, muitas pessoas se sintam tentadas a pagar o valor pedido de algumas centenas de dólares, evitando a ameaça de custos muito superiores se o caso seguir para os tribunais. Só que, se o fizerem, estarão apenas a contribuir para o lucrativo negócio do phishing, e que em nada regularizará a sua situação quanto aos downloads que fizeram.

... Talvez não fosse má ideia as entidades que tanto perseguem os utilizadores que fazem downloads destas séries (que em muitos casos as poderiam ver nos canais a que têm acesso em casa, alguns dias mais tarde), optassem por se preocupar mais com estes "phishers"... que se calhar se arriscam a ganhar mais dinheiro à custa destes conteúdos, do que eles próprios conseguem.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]