2016/07/14

Unity do Ubuntu já corre no Windows 10 de forma nativa


Depois de muitos anos de rivalidades, a Microsoft surpreendeu tudo e todos ao anunciar que o Windows 10 viria com Linux integrado. Agora, um utilizador levou isso ao limite, conseguindo executar o interface gráfico Unity nativamente dentro do Windows 10.

A Microsoft tinha dito que o seu subsistema Linux permitira correr comandos Linux, mas que não se destinava a permitir correr desktops Linux completos - mas isso não impediu os entusiastas de arranjarem forma de o fazer. Neste caso, o utilizador Guerra 24 conseguiu correr o ambiente gráfico utilizado pelo Ubuntu, o Unity, no Windows 10.

O processo é bastante complicado e rebuscado, e também tem bastantes limitações e pode crashar frequentemente, pelo que não é (ainda) recomendado para utilização regular mas sim apenas como demonstração de como se pode levar o subsistema linux do Windows 10 ao limite. Para efeitos práticos continuará a ser recomendado correrem um Linux no Windows usando um emulador ou máquina virtual. Mas, quem sabe se esta primeira aproximação do Windows 10 ao Linux não venha a fazer com que, numa versão futura, também seja suportado oficialmente a execução de ambientes gráficos Linux para além do do próprio Windows?

... Parece que um dia destes, nos arriscamos a que desta vez seja mesmo o ano em que o Linux vai dominar nos desktops - mesmo que tal venha que ser conseguido a correr em cima do Windows! :)

4 comentários:

  1. Tradicionalmente, 'nativo' quer dizer 'natural'.

    É complicado estampar 'nativo' quando o host é Windows, mas se o que a MS fez simplificou programas Linux rodarem 'nativamente' no Windows, então é excesso de preciosismo da nossa parte requerer uma definição exata desses programas, não?

    ResponderEliminar

[pub]