2016/08/22

GIF ainda é o rei das imagens animadas 30 anos após a sua criação


Lembram-se do que estavam a fazer em 1987? Alguns de vocês poderiam ainda nem ser nascidos - o que demonstra ainda melhor o caricato caso do fenómeno que faz com que os GIFs animados ainda hoje sejam a melhor solução para um problema que nenhuma tecnologia mais moderna conseguiu erradicar.

O formato GIF nasceu numa altura em que os computadores eram máquinas bem diferentes das actuais, algo que fica demonstrado pela sua capacidade de guardar imagens com um máximo de 256 cores. No entanto, era um formato que usava a - na altura - nova compressão LZW e permitia reduzir bastante o tamanho das imagens... e que tinha uma curiosidade adicional, permitia criar imagens animadas.

Este pormenor pode considerar-se um detalhe ao nível das SMS (que inicialmente tinham sido concebidas apenas como forma de mandar mensagens curtas com estados da rede para os operadores, mas que se tornaram no fenómeno que todos conhecemos). E na verdade é unicamente graças a ele que o GIF continua entre nós - mesmo depois de já ter passado por um dos maiores escândalos da internet, quando os responsáveis pelo formato exigiram que todos começassem a pagar uma "taxa"!

Desde então que muitas têm sido as tentativas de encontrar um sucessor mais moderno e capaz. E na verdade, foi dessa polémica que nasceu o formato PNG, que é em tudo superior ao GIF... excepto num pequeno detalhe: os seus criadores consideraram que permitir imagens animadas era absurdo, e com essa simples decisão, inadvertidamente, garantiram que o GIF continuasse a existir por muitos mais anos. Por toda a internet, onde quer que se queira exibir uma imagem animada que não dependa de javascript ou codecs para ser vista, o GIF é o formato de eleição.

Actualmente começam a surgir sites e serviços que tentam inteligentemente usar as capacidades de vídeo do HTML5 para compensar as lacunas dos GIFs animados; mas infelizmente, ainda não há nenhum formato tão simples e prático de usar para pequenas animações, como o GIF. O resultado, lamentavelmente, é a de que por muito que se vá fazendo, o GIF animado irá permanecer connosco... para o melhor e para o pior.

3 comentários:

  1. Uma dúvida: GIF lê-se "jif" ou "guif"?

    ResponderEliminar
  2. O criador diz que devia ser lido "jif" mas toda a gente na internet diz "guif" porque não se diz por exemplo "jift" mas sim "guift" referindo-me à palavra "gift" na língua inglesa.

    ResponderEliminar
  3. Na realizade o GIF animado só surge na versão 89a em 1989 (um pequeno preciosismo). E também surgiram versões de PNG animados, mas nunca pegaram! :)

    ResponderEliminar

[pub]