2016/09/23

Facebook e Intel são os mais habilitados para criar robots assassinos


Se estão preocupados com cenários apocalípticos à "Exterminador Implacável" (não) vão querer saber que o Facebook e Intel estão muito bem posicionadas para criar a inteligência artificial capaz de gerir máquinas assassinas imparáveis... felizmente, apenas em versão virtual e a jogar o clássico Doom.

O VizDoom é uma competição que recorre a um método simples e prático para avaliar as prestações de sistemas de inteligência artificial: deixando-as combater até à morte no jogo Doom.

A maior parte dos pessoas já terá jogados jogos em que tem que combater oponentes que são controlados pelo computador (habitualmente designados por "bots"), e muitas vezes esses bots não têm qualquer pudor em nos trucidar completamente sem dó nem piedade. No entanto, muitas vezes isso é conseguido com "batotas", dando informação privilegiada ao bot (como a nossa posição, nível de energia e armas, etc.), coisa que não acontece nesta competição. Aqui os bots têm que jogar o jogo apenas e somente com a informação que seria visível para um jogador humano; apenas com a excepção de que numa das modalidades o bot vai jogar num mapa pré-determinado, e noutra das modalidades o bot nem sequer conhece o mapa em que vai jogar.

As diferentes equipas recorreram a sistemas diferentes, mas no final os vencedores foram as inteligências artificiais criadas pelo Facebook e pela Intel (nas respectivas modalidades); embora seja de realçar que também os sistemas criados por alguns alunos obtiveram excelentes resultados e dando bastante luta. Um dos concorrentes teve um acidente informático que impediu que a sua inteligência artificial fizesse a totalidade do treino para auto-aprendizagem, e mesmo assim conseguiu acabar na terceira posição... deixando no ar o que teria acontecido se tivesse conseguido fazer o seu treino completo (até aprendeu a fazer spawn camping... técnica que tanto irrita os jogadores humanos, ficando à espera perto do local onde os jogadores se materializam para os matar imediatamente.)

Enfim... muitos avanços na área da inteligência artificial... mas que esperamos que se fiquem apenas pelo mundo dos jogos de computador. :)


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]