2016/11/20

Star Citizen partilha planeamento com o público


O Star Citizen é um dos jogos mais ambiociosos de todos os tempos, e a o facto de não parecer ter fim à vista vai causando algumas preocupações; preocupações que o criador do jogo tenta acalmar com a opção de partilhar publicamente o planeamento interno de desenvolvimento do jogo.

Numa mensagem a celebrar os quatro anos do início da campanha de crowdfunding, Chris Roberts aborda diversas questões que têm sido levantadas, tanto por fãs como por críticos deste projecto "megalómano" - que vai assumindo contornos do mais complexo e completo simulador espacial, onde podemos passear por um planeta, entrar numa nave, explorar o espaço, aterrar noutro planeta, e que combina elementos de combate espacial com um jogo de acção FPS.

O facto do jogo ir apresentando metas cada vez mais ambiciosas tem levantado várias preocupações sobre se o jogo alguma vez será concluído, e terá sido por isso mesmo que a equipa decidiu que começar a partilhar publicamente o planeamento do desenvolvimento do jogo, para que todos os interessados possam ver exactamente em que ponto as coisas estão.

É uma manobra original e que mostra o desejo de manter a transparência deste mega projecto de crowdfunding que continua a pedir aos fãs que invistam continuamente na compra de naves (que podem custar várias centenas de euros), mas também alerta para os riscos desta decisão. Por exemplo, será frequente que várias das tarefas agendadas derrapem ou sejam alteradas drasticamente, fruto dos imprevistos ou evolução do projecto.

Quer isto dizer que a medida pode ser boa... mas não parece fazer com que se tenha um fim à vista para a conlusão do projecto. Esperemos que isso não seja impedimento para que, eventualmente, se chegue a esse ponto. Até lá, quem investiu no jogo pode ir jogando a versão alpha que vai sendo melhorada continuamente...






Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]