2016/12/31

Apple corta produção de iPhones 7 em 10%


O receio de que a "magia" da Apple já não consiga justificar o preço elevado dos seus produtos está de volta, com o corte de 10% na produção de novos iPhones 7.

O lançamento dos iPhones 7 era aguardado com bastante curiosidade, pois temia-se que a utilização de um design idêntico aos iPhones dos dois anos anteriores, a par das expectativas muito elevadas para o iPhone do próximo ano, fizesse com que muitos fãs optassem por aguardar mais um ano para trocarem de smartphone.

No momento da verdade, a Apple conseguiu novamente bater todas as expectativas, com o iPhone 7 a bater novos recordes de vendas, e com o modelo 7 Plus com as suas duas câmaras a tornar-se no modelo favorito. Tudo parecia estar bem encaminhado... mas as boas notícias poderão chegar ao fim mais depressa do que se pensa, com a redução nas vendas dos iPhones a ser bastante mais acentuada do que nos anos anteriores, fazendo com que a Apple já reduzisse a produção em 10%.

Claro que, absorvendo cerca de 90% dos lucros do sector, a posição da Apple está longe de ser problemática ou preocupante, mas estes indicadores irão certamente fazer disparar alarmes na companhia, que terá que encontrar novas formas de convencer os fãs a comprar os seus próximos iPhones... ou, numa alternativa bem mais simples e com eficácia garantida... talvez ajustar os seus preços para patamares ligeiramente inferiores.

Em Janeiro a Apple terá que revelar os resultados deste último trimestre e ficaremos a conhecer a extensão desta quebra de vendas.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]