2016/12/12

iPhone 8 virá com parte traseira "touch"?


Em 2017 assistiremos à chegada de um iPhone que marca o 10º aniversário do seu lançamento, e depois de todos os rumores que nos falam do que teremos na parte da frente do ecrã, chegam os rumores sobre as novidades que podem surgir na parte traseira.

Para o iPhone "8" de 2017, é esperado o desaparecimento do botão Touch ID, que no iPhone 7 já deixou de ser um botão clicável para ser apenas touch, e que o ecrã possa ocupar potencialmente a totalidade da parte frontal (algo que a Samsung também parece estar a preparar para o seu próximo Galaxy S8). Mas há quem também espera novidades na parte traseira...

Segundo algumas patentes da Apple, a empresa já terá pensado na possibilidade de adicionar a detecção de toques e gestos na parte traseira do equipamento; sendo que isso é algo que alguns fabricantes já têm implementado de forma limitada usando o sensor de impressões digitais na traseira. Mais recentemente, o facto dos Pixel da Google terem uma parte em vidro na traseira também chegou a fazer suspeitar que se pudesse ter uma área de detecção de toques... mas que não se veio a confirmar.

As possibilidade de tal sistema seriam muitas, desde permitir a interacção com o que se tem no ecrã sem ter que se tapar o ecrã com os dedos (com as vantagens óbvias para os jogos) a facilitar a utilização com uma só mão. Mas a questão é se tal sistema, se é que a Apple o está a considerar, não acabaria por fazer com que fossem "novidades a mais" para um novo iPhone que potencialmente já terá muitas novidades na sua parte frontal... Se calhar mais sentido fará reservar isso como "novidade" para apresentar no modelo a apresentar no ano seguinte...

4 comentários:

  1. Nada de novo.. Já ai uns anos atrás um chinoca tinha um zona de touch atrás..
    e há este, YotaPhone a um preço fantástico e excelente desempenho por 100-130€ já no mercado à meses..
    https://www.engadget.com/2014/12/03/yotaphone-2-review/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, ter um ecrã e-ink dom touch dava 2 em 1 e acho que seria uma grande vantagem caso o Google desenvolvesse o Android para tirar partido das funcionalidades. Mas pode ser que não estejamos assim tão longe...

      Eliminar
  2. Parte traseira touch? Tudo bem, até pode ser. Mas não é novidade nenhuma. As mulheres já vêm com isso de origem...

    ResponderEliminar

[pub]