2016/12/06

Leap Motion mostra o tracking de mãos para VR


Depois das primeiras gerações não terem cumprido com o sonho de transpor as nossas mãos para o mundo digital, o Leap Motion prepara-se finalmente para o fazer... com a ajuda da realidade virtual.

O Leap Motion impressionou tudo e todos desde as suas primeiras demonstrações, permitindo que os gestos feitos com as mãos fossem replicados com precisão numa versão virtual das mesmas. Infelizmente, as aplicações práticas eram poucas, e o tempo de resposta elevados também não ajudava a manter o efeito pretendido. Coisas que agora ficarão resolvidas com a nova geração do Leap Motion, que pode ser aquilo que falta aos sistemas de realidade virtual.

Enquanto sistemas como o HTC Vive têm que usar manípulos para detectar o posicionamento das nossas mãos no espaço (e recentemente a Oculus fez o mesmo com os seus controladores Touch para os Rift), continuam a não permitir a detecção "exacta" do que está a fazer cada dedo das nossas mãos. Com o Leap Motion isso é possível e agora, graças ao seu hardware melhorado e campo de visão alargado, é feito de forma praticamente instantânea, tornando-o no complemento perfeito para transportar as nossas mãos para dentro do mundo da realidade virtual.

A utilização para aplicações de VR também acaba por resolver automaticamente o problema do uso prático que se pode dar ao Leap Motion. Enquanto se torna um pouco complicado justificar o desenvolvimento de um interface "manual" para interagir com um programa concebido para funcionar no monitor de um computador, quando falamos de ambientes de realidade virtual torna-se completamente natural que essa interacção seja feita com as nossas mãos - e aí, ter as "mãos" com a maior precisão possível, será sempre uma vantagem face a qualquer outro sistema com controladores.

Esperemos que este Leap Motion 2.0 consiga finalmente concretizar aquilo que se esperava que fosse feito com o Leap Motion original.

1 comentário:

[pub]