2016/12/22

Signal contorna censura no Egipto com Domain Fronting


A app de comunicações encriptadas Signal tem sido o alvo a abater em diversos países que preferem ter total controlo sobre tudo o que é dito, mas a mais recente actualização da app já contorna esses bloqueios recorrendo a uma técnica chamada Domain Fronting.

Em vez da app poder ser bloqueada como acontecia até ao momento, com esta actualização as suas comunicações passam a ficar mascaradas através de domínios populares - neste caso a página principal da Google - o que faz com que, se algum país quiser impedir o seu funcionamento teria que bloquear o acesso à Google (ou demais serviços de grande dimensão que poderiam ser usados para o mesmo efeito, como Amazon Cloudfront, Amazon S3, Akamai, CloudFlare, etc.)

Este sistema será activado automaticamente para utilizadores que tenham um número de telefone do Egipto ou Emirados Árabes Unidos, sem que estes tenham que fazer nada - para além de usarem a app como fazem.

No campo das novidades cosméticas, esta nova versão conta também com a capacidade para se desenhar, escrever texto e aplicar stickers a imagens; isto na versão para Android.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]