2017/01/28

Finlândia vai investigar "extorsão" por conta dos direitos de autor a milhares de cidadãos


Na Finlândia as tácticas para extorquir dinheiro a pessoas que alegadamente terão feito downloads ilegais atingiu tal volume que o governo vai ter que intervir.

Há empresas que decidiram aplicar a mesma táctica do spam ao combate aos downloads ilegais, e que em vez de investigarem caso por caso, já nem se dão ao trabalho, optando por simplesmente enviar uma conta a pedir alguns milhares de euros para que o alegado pirata resolva o problema - sob a ameaça de ser arrastado para os tribunais e ter que pagar multas bem mais avultadas.

Não é nada de novo ou inesperado... mas na Finlândia estas cartas estão a ser enviadas para dezenas de milhares de pessoas, fazendo pensar que este tipo de negócio já se esteja a tornar numa verdadeira caça aberta, em que se mandam cartas para todas as pessoas com internet, na esperança de que lá pelo meio se consiga meter medo a algumas pessoas que efectivamente paguem.

O negócio é altamente lucrativo... mas não para os detentores dos direitos cujos conteúdos terão sido descarregados ilegalmente. Por cada 100 casos pagos, o "troll" recebe 130 mil euros para as suas "despesas" e só 90 mil euros é que são devolvidos aos detentores dos direitos. Ou seja, fica explicado porque motivo é tão vantajoso enviar dezenas de milhares de ameaças. Mas o Governo Finlandês, perante o volume de queixas dos cidadãos, terá agora uma palavra a dizer, e há políticos que já vieram frisar que as leis de protecção dos direitos de autor não são uma carta-branca para este tipo de comportamento abusivo que visa extorquir dinheiro aos cidadão.

... Estão com sorte... bem que consigo imaginar que noutros países a preocupação do governo fosse receber uma comissão pelos valores cobrados.... ;P

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]