2017/01/24

MS centraliza opções de segurança no Windows 10


O Windows 10 é muitas vezes criticado por espalhar opções de segurança por diversas secções, mas a MS vai centralizar tudo com o Defender Security Center que chegará no Creators Update.

O Windows 10 Creators Update só chegará em Abril, mas virá recheado com inúmeras alterações para tornar o Windows 10 ainda melhor. Uma delas será o Defender Security Center, que centralizará as opções do antivirus, firewall, controlos de acesso para a família, definições do browser, e estado do sistema.

Este novo centro mostrará, num só local, todos os potenciais pontos críticos relativamente à segurança e desempenho do computador, assim como a gestão de todos os utilizadores e dispositivos associados aos restantes membros da família. Para garantir que nem sequer uma desatenção deixa o sistema em risco, o Windows Defender (que esperemos que seja mais poupado nos recursos do que a versão actual) será automaticamente activado caso o programa de anti-virus que se utiliza fique desactualizado ou chegue ao fim do período pago.

Pessoalmente, penso que é um pouco ridículo que ainda se mantenha a táctica de tentar verificar "milhões" de potencial malware e vírus, quando seria bem mais simples e eficiente garantir que só se executariam as dezenas de programas que expressamente instalamos - assumindo desde logo que tudo o resto estaria bloqueado. Apostando também na criação de ambientes virtualizados independentes para correr programas, de modo a que mesmo um programa com malware ficasse automaticamente limitado quanto ao que pudesse fazer, ao estilo do Sandboxie...

... Talvez para o Windows 12... ;P


2 comentários:

  1. as tácticas de infecções andam cada vez mais ardilosas. Há dias, ao fazer um download de uma fonte suspeita de um software conhecido, dei por mim com dezenas de códigos a serem executados em linha de comandos, com substituição de ficheiros dos programas do chrome e do firefox, da dropbox et al, e percebi que a virose se disfarçava de assistente de actualização da google e do office para passar despercebido tendo-me causado enormes dores de cabeça

    ResponderEliminar
  2. Carlos, a tua ideia seria perfeita, mas depois fechavam as empresas todas de antivirus :-P

    ResponderEliminar

[pub]