2017/01/12

Neon é o browser que a Opera imagina para o futuro


O browser é, actualmente, a ferramente mais indispensável em qualquer computador, e a Opera mostra-nos aquilo que imagina ser o browser para o futuro, com o seu Neon.

Fazer alterações radicais num browser é algo que não é muito aconselhado (tal como qualquer alteração num produto utilizado por centenas de milhões de pessoas), e por isso a Opera opta por lançar algo completamente novo em vez de ir vagarosamente implementando coisas no seu browser oficial.

O Opera Neon é um protótipo que implementa todo um conjunto de coisas experimentais que poderão vir a ser integradas no Opera no futuro, ou inspirar outros browsers e dar origem a novas funcionalidades.

No design temos a aposta num interface onde os elementos ganha propriedades físicas, para uma interacção mais natural, e em vez de um conjunto sempre crescente de tabs no topo, temos as diferentes página agrupadas em "bolhas" que se podem organizar numa página de favoritos. É também possível colocar duas páginas diferentes abertas lado a lado (dentro da mesma janela), permitindo uma navegação simultânea em ambos os sites sem necessidade de andar a clicar em janelas diferentes para as activar. Outro detalhe simpático, a capacidade para fazer capturas de secções das páginas, que ficam automaticamente organizadas e podem ser facilmente inseridas onde se quiser.

Não me parece que, por agora, o Neon se arrisque a separar os utilizadores do seu browser favorito, mas não me surpreenderia se algumas das suas funcionalidades começassem a infiltrar-se nos browsers "tradicionais", de forma mais subtil e gradual.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]