2017/01/13

Xiaomi não vai revelar dados das vendas em 2016

A Xiaomi teve um crescimento alucinante nos últimos anos, mas esse ritmo parece ter chegado ao fim, fazendo com que a marca deixe até de revelar o volume de vendas para evitar "efeitos secundários".


A vida da Xiaomi não anda propriamente fácil, pois a concorrência no mercado chinês é cada vez maior e o seu modelo de negócio já se mostrou mais eficaz. Não é de estranhar portanto o facto de o seu CEO não ter a intenção de divulgar o resultado das vendas em 2016.


Os resultados em 2015 já ficaram abaixo das expectativas da marca e em 2016 a coisa não terá corrido melhor. Motivo que explicará a decisão de manter os resultados longe dos olhos do público. Também não ajudará que a politica de expansão para outros mercados continua a ser adiada, com o mercado ocidental a não fazer ainda parte dos objectivos da Xiaomi. A aposta continua a ser no mercado chinês, com a diversificação dos seus produtos e serviços: onde a inteligência artificial e serviços bancários via internet serão duas das áreas de negócio que vão merecer especial atenção por parte da Xiaomi.

A ver vamos se resulta, mas uma coisa é certa, o ritmo alucinante de crescimento dos primeiros anos é coisa que já não conseguirá manter ou repetir.


Por: Luis Costa

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]