2017/05/20

Ondas de rádio podem estar a criar um "campo de forças" que protege a Terra


A vida (como a conhecemos) no nosso planeta só é possível graças ao efeito protector do seu campo magnético que desvia a radiação solar, mas esse campo de forças pode estar a ser reforçado pelas nossas emissões de rádio.

Um estudo científico refere que as variações que ocorrem na magnetosfera se têm reduzido nas últimas décadas, coincidindo com o momento em que se passaram a fazer emissões de rádio em VLF (Very Low Frequency). Normalmente, estes campos são comprimidos/expandidos em função da actividade solar, mas desde a década de 60, os mesmos têm resistido à compressão, mesmo quando enfrentam tempestades solares mais severas.


Embora o estudo recomende que o fenómeno deva ser mais estudado e aprofundado, a explicação avançada é que as nossas emissões de rádio VLF estão a fortalecer o campo que nos protege da radiação solar... dando mais algum alívio a todos os satélites que assim podem contar com mais protecção mesmo em situações que potencialmente os poderiam deixar em perigo.

Ainda este ano deverá ser lançado um satélite que levará a bordo um emissor de VLF, para verificar se o mesmo o poderá proteger da radiação espacial. Se for bem sucedido, poderá dar mais um importante contributo para permitir as viagens de astronautas até outros planetas, já que a questão da sua exposição à radiação é um dos pontos críticos para as viagens de longa duração e fora do ambiente protector da nossa magnetosfera .

3 comentários:

  1. São as mesmas ondas de rádio usadas pelas emissoras de rádio em todo o mundo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, são frequências usadas pelos militares (comunicações com submarinos, por exemplo).

      Eliminar
  2. Fantástico! Deve ser a primeira coisa que fazemos... que não dá cabo do planeta :)

    ResponderEliminar

[pub]