2017/06/01

BIG Smart Cities já escolheu os 20 finalistas


Já são conhecidos os 20 finalistas da quinta edição do BIG Smart Cities, com dez projectos seleccionados através dos BIG City Challenges, e os restantes dez através das candidaturas online.

O concurso de empreendedorismo e inovação, promovido pelo Vodafone Power Lab e pela Ericsson, registou um número record de candidaturas, com a participação de 238 ideias de negócio que pretendem melhorar o dia a dia de quem vive, visita ou trabalha nas cidades.

Este ano, os projetos candidatos ao BIG Smart Cities distribuem-se por cinco áreas de oportunidade: Smart Mobility, Smart Living, Smart Tourism, Smart Inclusion e Smart Green. 40% das ideias de negócio registaram-se na categoria de Smart Living, mantendo a tendência registada na edição anterior.

Os primeiros finalistas desta edição foram apurados nos BIG City Challenges em Coimbra, Braga, Évora, Lisboa e Porto e premiados com acesso direto à última fase da competição e 500 euros. São eles:
  • PAVNEXT - Equipamento que reduz a velocidade dos carros e cria energia limpa
  • Brincar de Rua - Wearables conectados à internet que permitem às crianças brincar em segurança na rua.
  • Portuguese Table - Plataforma promotora de experiências gastronómicas em casa de anfitriões portugueses.
  • Eduttia - Plataforma que liga alunos com dúvidas/dificuldades escolares aos que dominam a matéria.
  • Tibu - “Buddy Finder Application” que ajuda viajantes a conhecer pessoas/ter experiências locais.
  • Sesta - Rede de Vending machines IoT com refeições saudáveis;
  • RNTERS - Plataforma que permite alugar ou lucrar com qualquer produto
  • Tram Grid - Conversão da rede de elétricos em corrente contínua para carregar carros elétricos.
  • Geosafer - Dispositivo IoT para carros que envia dados em caso de emergência/acidente.
  • Tarento Robotics - Robô conectado à internet pensado para limpeza de campos de cultura de bagas.

Os 20 finalistas deste ano (cuja lista pode ser consultada em www.bigsmartcities.pt) começam agora um programa de pré-aceleração de um mês, recebendo, num espaço de co-work, formação, mentoring e apoio para transformarem os seus projetos em negócios viáveis. A BIG final acontece em Cascais no dia 11 de julho, com apresentações públicas dos pitches dos 20 projetos finalistas e revelação dos três projetos vencedores e menção honrosa.

A proposta tecnológica que apresente a ideia mais relevante para as cidades recebe 10 mil euros, seis meses de aceleração no Vodafone Power Lab – onde poderá desenvolver a sua ideia de negócio, recebendo formação, coaching, sessões de mentoria e beneficiando, ainda, do ambiente de partilha de conhecimento, de experiências e de entreajuda entre startups que se vive na aceleradora – e terá a oportunidade de visitar um polo de inovação da Ericsson na Europa. Os segundo e terceiro lugares recebem um prémio de 2500 euros, e será eleita pelo público uma menção honrosa - estes projetos recebem também seis meses de aceleração no Vodafone Power Lab.

A grande novidade desta edição é o acesso que os vencedores terão à cidade experimental de Cascais, onde podem testar, em ambiente real, as suas soluções tecnológicas para as cidades inteligentes do futuro.

2 comentários:

  1. Só conto 10... Não eram 20? No site estão outros que não estão listados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes são os 10 seleccionados através dos BIG City Challenges, os restantes foram da adesão online.

      Eliminar

[pub]