2017/07/12

Dia de protesto a favor de neutralidade na net


O dia de hoje é dia de protesto em defesa de um direito que se toma por adquirido, mas que está em sério risco de desaparecer num futuro bastante próximo: o da neutralidade da internet.

Até ao momento, os dados que circulam na internet têm tido igualdade de tratamento, fazendo com que seja indiferente para um utilizador aceder ao site A ou site B, ou fazer um download de um programa, upload de um backup, ou streaming de vídeo (pelo menos na teoria, pois na prática já temos assistido a diversos operadores a interferirem com certos tipos de tráfego, como bit torrents e streaming).

O problema é que a FCC norte-americana, tradicional defensora de neutralidade da net, teve uma mudança de 180° sob a administração Trump, e é agora um dos grandes inimigos da neutralidade, pretendendo acabar com as anteriores leis que protegiam essa igualdade dos dados. O que isso significa é que volta a estar no horizonte a possibilidade - que muitos operadores adorariam - de ter a internet como uma manta de retalhos de serviços diferenciados, em que fosse preciso pagar extra para ter acesso a determinado serviços ou sites: "Faça streaming por apenas mais +10€ por mês!", "Acesso ao Google por apenas 1€ por dia!" e coisas do género... ou então, que o acesso aos sites parceiros do operador seja feito a velocidades decentes, mas aos sites "de fora" ser feito a passo de caracol.

Portanto, não se admirem por ver, um pouco por toda a internet, diversas mensagens de alerta para esta situação. Resta apenas esperar que a pressão do público surta efeito, e a internet se mantenha como a conhecemos - e a evoluir, que seja para melhor e não para pior.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]