2017/09/29

Novo Nokia 3310 da HMD ganha 3G


O novo Nokia 3310 fabricado pela HMD suscitou memórias nostálgicas mas tinha uma grande falha que finalmente foi resolvida.

A HMD foi bastante feliz com o relançamento de um novo smartphone de custo reduzido com design inspirado no clássico Nokia 3310. Infelizmente, a atracção pela nostalgia era travada por factores de ordem prática, nomeadamente pela ausência de suporte 3G, tornando-o num novo smartphone com morte anunciada (muitos operadores já começaram a abandonar as frequências 2G).

Felizmente a HMD ouviu as críticas e disponibiliza um novo modelo, que é ligeiramente maior mas que tem a particularidade de já suportar redes 3G.

Fica assim resolvido o problema de ceder à tentação da nostalgia e adoptar um destes mini smartphones (que permite o acesso a apps como Facebook, Twitter, Skype, para além do obrigatório "Snake") sem temer ficar com um smartphone inutilizável a curto/médio prazo. Infelizmente, nem tudo são vantagens... o salto para o 3G vem acompanhado de uma redução significativa da autonomia, que passa de 22h para 6.5h em conversação  (embora em standby a autonomia anunciada suba de 25 dias para 27 dias).

Como seria de esperar, o preço também sofre agravamento, passando do preço recomendado de 49 euros para 69 euros nesta versão 3G do 3310.

4 comentários:

  1. Pequena gralha no titulo da noticia, Nokia 331, falta o zero ;)
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Faz lá um teste disto para ver até que ponto é a integração com o Twitter e Facebook, por favor.

    ResponderEliminar
  3. O novo fabricante é um "idiota", em vez de ter colocado logo o 2G/ 3G e 4G para funcionar em todos os países em todo o lado, não, vai lançado esta amostra inútil de telemóvel com pretensões a smartphone. Nada contra, eles é que sabem como devem derreter o dinheiro deles.

    ResponderEliminar

[pub]