2017/09/27

Twitter testa aumento para 280 caracteres


O Twitter volta a tomar uma decisão polémica com a intenção de aumentar o tamanho dos tweets dos característicos 140 caracteres para 280, numa medida que alguns dizem ser a "gota de água" que marca o fim da identidade única do Twitter.

O Twitter muitas decisões tem tomado que têm deixado muitos utilizadores descontentes: tal como a apresentação de tweets sugeridos e reordenando a timeline em função do que acha que será de interesse mostrar - algo que tem originado queixas de que o Twitter se está a tornar num Facebook; e agora com o aumento do número de caracteres por tweet, essa acusação ganha novo fulgor, pois poderá acabar com a essência das mensagens "curtas" por que era conhecido.

Não é segredo que o Twitter há muito que tem tentado aumentar este limite; primeiro de forma indirecta com coisas como os links e nomes de outros utilizadores referenciados a deixarem de contar para o número de caracteres de um tweet, mas que agora culmina com esta duplicação do limite, de 140 para 280 caracteres.

Do lado do Twitter a explicação é a de que se trata apenas de algo que pretende vir equilibrar a capacidade de expressão entre as línguas orientas e ocidentais.

Segundo o Twitter, línguas como o chinês, japonês e coreano, são capazes de dizer muitas mais coisas com um número mais reduzido de caracteres. A maioria dos tweets em inglês têm 34 caracteres, enquanto que em japonês se ficam pelos 16 caracteres.


Para tentar demonstrar isso, uma mesma mensagem que em inglês ocuparia 140 caracteres, necessitaria de 154 caracteres em espanhol, mas apenas 67 caracteres em japonês.


E quanto ao receio de que estas mensagens de 280 caracteres irão ocupar demasiado espaço na timeline, também mostram um exemplo onde isso parece ser minimizado (e sem esquecer que a maioria das pessoas - espera-se - irá ser comedida e manter as mensagens curtas)...


Seja como for, é mais um pequeno passo que, por um lado poderá ser visto como uma evolução natural e desejável para manter o Twitter pertinente; mas que por outro lado também é um afastar dos elementos basilares que o tornavam único. Como muitos fãs têm referido, há muitas outras coisas que o Twitter deveria tratar com maior prioridade, como disponibilizar ferramentas para lidar com os abusos e assédio de utilizadores, eliminar as contas falsas de forma mais célere e eficiente, e também a muito pedida funcionalidade de editar tweets... São coisas que seguramente seriam mais necessárias do que duplicar o tamanho do que por lá se pode escrever...


P.S. Já há forma de forçar a utilização dos 280 caracteres para todos... se se quiserem dar ao trabalho.

1 comentário:

  1. Twitter é uma empresa que evolui muito lentamente e isso é muito mau...nos tempos que correm e com a concorrência feroz dos concorrente principais, a Twitter nem se dá ao trabalho de mudar o que está mal...como por exemplo a falta de se poder editar um post...uma funcionalidade tão simples e tão pedida...mas eles não querem saber...um dia arriscam-se a desaparecer...

    ResponderEliminar

[pub]