2017/10/30

Apple despede engenheiro que deixou a filha mostrar iPhone X no YouTube


A política de secretismo da Apple pode já não funcionar ao nível que funcionava nos tempos de Steve Jobs, mas isso não significa que não continue a causar baixas, como poderá testemunhar um engenheiro que trabalhou no iPhone X e foi despedido após a sua filha o ter mostrado no YouTube.

Brooke Amelia Peterson publicou no YouTube um vídeo de uma visita que fez ao seu pai no Campus da Apple e onde, a certa altura, o seu pai lhe passa para a mão um iPhone X, mostrando-o em funcionamento. Facilmente se imaginava que iriam haver repercussões - nem que fosse pelo facto de ser proibido filmar sem autorização dentro do Apple Campus - e assim foi: num novo vídeo, ela diz que a Apple despediu o seu pai devido ao seu vídeo.

Ora, não se sabe se este despedimento terá sido apenas devido à parte de filmar dentro do Apple Campus sem autorização (o que já poderia ser considerado grave - e que me parece algo que um engenheiro que trabalhava há quatro anos na Apple deveria saber), ou se pelo facto de mostrar o iPhone X (embora se esteja numa altura em que já vão surgindo alguns vídeos de iPhones X em funcionamento e o mesmo chegará à mão dos primeiros clientes já nos primeiros dias). O que é certo é que aqui também temos a complicação adicional do vídeo permitir ver alguns QR Codes que deveriam permanecer secretos (só para funcionários da Apple) assim como alguns nomes de código de produtos da Apple em desenvolvimento - quando ela passa pela app Notes.

A Apple pediu a remoção do vídeo em causa... mas como bem se sabe, depois de algo chegar à Internet... já não há nada a fazer.



1 comentário:

  1. Numa situação destas fica sempre bem citar as leis de Murphy e seus derivados :)
    http://sweet.ua.pt/ivo.correia

    P.S. Não sou tão pessimista que diga "Sempre que chove é um dilúvio". É mais, "Tudo o que é deixado ao acaso - corre mal de certeza". Desde que se chegue à fase de os engenheiros já poderem andar no bolso com as versões finais para testes - ou os perdem num bar (já aconteceu antes com o iPhone) ou o estrupício de um filho o filma e o põe no YouTube :)

    ResponderEliminar

[pub]