2017/12/17

Google ajuda a descobrir novo planeta a 2500 anos luz


Não é fácil descobrir planetas a milhares de anos luz de distância, mas felizmente as ferramentas digitais têm-se tornado cada vez melhores e, graças à ajuda da inteligência artificial da Google, astrónomos descobriram um planeta que tinha passado despercebido.

A descoberta desde novo planeta num sistema solar a cerca de 2500 anos luz de distância não só é significativa por demonstrar que começamos a ter ferramentas de inteligência artificial capazes de superar as capacidades humanas, como se torna particularmente importante por fazer com que este sistema Kepler-90 iguale o número de planetas do nosso próprio sistema solar.


Embora em número de planetas este sistema seja idêntico ao nosso, as semelhanças ficam-se por aí, já que todos estes planetas orbitam o seu sol em órbitas muito mais próximas que as nossas: 7 dos 8 planetas do Kepler-90 estão mais próximo da sua estrela do que a distância da nossa própria Terra ao Sol.

Resta agora aplicar estes mesmos sistemas de inteligência artificial aos milhões de imagens que recolhemos do universo, para potencialmente descobrirem outras preciosidades que poderiam ter passado despercebidas aos olhos humanos ou que nem sequer tinham ainda sido analisadas.




1 comentário:

  1. E a seguir a gente fazia zoom lá no planeta e acabava por descobrir prédios e estradas concluindo que existe vida inteligente para além da terra. Então apontávamos um laser pra lá e enviávamos umas mensagens a dizer olá e que o trump ganhou as eleições e tal, só que, só daqui a 5000 anos é que tínhamos a resposta. É chato.

    ResponderEliminar

[pub]