2012/05/05

O Sucesso (e Insucesso) na App Store


A criação de Apps tem sido encarada por muitos como uma autêntica "corrida ao ouro" ou uma auto-estrada que lhes dará acesso directo ao sucesso e ao lucro fácil. No entanto, a realidade é bem diferente... e para cada caso de sucesso que tem direito a aparecer nas manchetes das notícias, há milhares e milhares de casos de insucesso de que nunca ninguém irá ouvir falar.

Segundo um estudo, 59% das Apps nem chega a gerar lucros suficientes para cobrir os custos de desenvolvimento.


Se isso vos poderá fazer pensar que 40% de hipótese de ganharem continua a ser uma boa aposta... eis que terão que enfrentar novo balde de água fria: 80% das Apps não geram lucros suficientes para suportarem um negócio.

Para se ter uma ideia do que é necessário para ter "sucesso", ficamos também a saber que as Apps mais bem sucedidas gastam em média $30 mil dólares em marketing (e 14% do seu tempo)... e estamos a falar dos 12% que conseguem lucrar mais de $50,000 com as suas Apps e ter mais de meio milhão de downloads. (Mas voltando à "realidade" da maioria, muitos nem conseguirão chegar aos 50 mil downloads ou aos $5000 de lucros...)

A ilusão/sonho do sucesso é algo que é comum em muitas mais áreas: veja-se o caso do futebol, onde temos em manchete os ordenados milionários de uns poucos jogadores... mas temos muitos mais que enfrentam enormes dificuldades e salários em atraso; ou no cinema, onde também temos algumas estrelas a ganhar milhões... mas muitos mais milhares de actores que apenas conseguem ir "sobrevivendo"...

E nas Apps, passa-se precisamente a mesma coisa: sim, há casos de sucesso; sim, há a possibilidade de um desconhecido conseguir ter a "sorte" de ficar milionário em poucas semanas ou meses... mas, a maior parte dos casos de sucesso continuará a ser daqueles que fazem a sua própria sorte... e isso não é daquelas coisas que acontece por acidente.

1 comentário:

  1. No mundo sempre foi tudo "vença o melhor" (ou melhor marketing), daí que não vejo a surpresa. Houve durante algum tempo a ideia que na App Store/Google Play todo o lixo gerava dinheiro, mas felizmente a concorrência funciona e só os melhores são recompensados. Eu arrisco a dizer que só 20% do que há nestas stores presta para algo, daí que se os outros 80% desaparecerem não fazem falta, já que na sua esmagadora maioria são réplicas. Quem já não viu 1000 jogos daqueles tipo "torres para impedir que inimigos entrem no nosso reino" ou estilo "Final Fantasy", File Manager que não fazem nada de jeito, etc?

    A mim parece-me uma boa noticia: o bom é recompensado.

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails