2015/12/26

NASA já pode monitorizar o lado iluminado da Terra de forma contínua


No seguimento de usar uma imagem da Terra como tema para o Natal deste ano, eis que agora temos a capacidade para manter o lado iluminado da Terra sob monitorização permanente graças ao satélite DSCOVR.

Poderá parecer estranho, mas a verdade é que até à data, não tínhamos forma de manter um registo contínuo do nosso planeta referente à parte orientada para o Sol. Temos dezenas de satélites em redor da Terra, mas todos eles têm órbitas que fazem com que as imagens captadas alternem entre a face iluminada e escura - complicando o processo de manter um registo contínuo das alterações climáticas (e muitas outras observações).


O DSCOVR (Deep Space Climate Observatory) resolve esse problema. Em vez de orbitar a Terra, este satélite orbita o Sol, ficando situado no ponto de Lagrange L1 a cerca de 1.5 milhões de quilómetros de nós - posição privilegiada que lhe permite manter a observação contínua da face iluminada pelo Sol, captando e processando imagens a cada 2 horas.

Imagens essas que já começam a permitir fazer análises mais detalhadas que nunca das movimentações atmosféricas (incluindo as nuvens, pó, ozono e outros compostos); e também dos oceanos e até das áreas florestais e de cultivo.

Esperemos que seja informação cujos resultados sirvam para mudar aquilo que tiver que ser mudado... antes que seja tarde demais.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]