2016/01/30

Bloqueio das VPNs pelo Netflix deixa utilizadores vulneráveis

A mais recente vaga de combate às VPNs pelo Netflix, por forma a evitar que os clientes acedam ao catálogo de outros países, já se começou a fazer sentir - mas há quem relembre que, ao fazer isto, também está a deixar milhões de clientes vulneráveis.

O Netflix tenta fazer passar a ideia de que quem usa uma VPN é alguém que está a querer contornar as restrições geográficas, só que não faltam exemplos de clientes que usam VPNs como forma de melhorar a sua segurança sempre que estão a aceder à internet em locais públicos ou redes fora de casa.

Nesta perseguição aos clientes que contornam os bloqueios, o Netflix acaba por prejudicar todos os que usam VPNs sem ser com esse intuito, e faz com que os mesmos sejam obrigados a desactivar a sua VPN - potencialmente deixando em risco todas as restantes comunicações que fizerem - apenas para poderem ver os conteúdos de um serviço pelo qual estão a pagar.

Compreende-se que o Netflix esteja sob imensas pressões de inúmeras entidades para que bloqueie o acesso aos seus conteúdos de acordo com os acordos e licenças regionais (ainda recentemente foi bloqueado pelo maior operador de telecomunicações na Indonésia), mas não deixará de ser um pouco absurdo que, com a justificação de que alguns utilizadores usam um serviço para contornar umas restrições, obriguem todos os outros a não poderem usar ferramentas que optam por usar para garantir a segurança dos seus acessos à internet.

... Por este andar, qualquer dia só temos Netflix em operadores seleccionados que façam uma ligação especial dedicada até à casa do cliente, só para passar o serviço do Netflix; não podendo ser visto usando uma internet normal. ;P

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]