2016/01/21

Smartbe quer ser um carrinho de bebés inteligente que anda sozinho


Fartos de andarem a empurrar um carrinho de bebés? O Smartbe quer ser a solução, com um carrinho inteligente capaz de acompanhar os pais de forma automática e recheado de tecnologia.

Numa altura em que a sociedade olha com entusiasmo para os carros autónomos, poderemos considerar este Smartbe - que se aventura no Indiegogo - como sendo o carrinho de bebés adequado para esta nova realidade.

Segundo os seus criadores, o Smartbe poderá acompanhar automaticamente os pais enquanto correm ou caminha, e conta com coisas como alarme "anti-roubo", sistema adaptativo para tapar o bebé ou o proteger da chuva, ambiente climatizado, aquecedor de biberões, e não faltando o carregador para o smartphone. Para além disso também tem uma câmara para permitir a vigilância remota do bebé (se bem que... fica a pergunta se a ideia é começar a deixar o bebé lá metido a tempo inteiro).

Como sempre, tratando-se de uma campanha de crowdfunding é sempre aconselhável olhar para o projecto com cautela redobrada (ou triplicada, já que neste caso se trata de uma campanha no Indiegogo, que prontamente se descarta de qualquer responsabilidade na sua selecção de projectos potencialmente fraudulentos), e não me parece que vá ser fácil conseguir convencer investidores a pagarem os 3199 dólares pedidos pelo modelo topo de gama (ou sequer os 399 pedidos pelo modelo base).


5 comentários:

  1. Um carrinho que se auto empurra, fraldas que se limpam sozinhas, babetes auto laváveis, e etc.

    Pais a bateria e comando incluído. Porque tocar nos filhos é uma coisa tão século passado. Os filhos crescem sem o contacto dos pais.

    Este produto, é uma alarvidade, desculpem-me.

    ResponderEliminar
  2. Tendo em conta as complicadas gincanas que temos que fazer com os carrinhos normais, para contornar buracos, degraus, carros estacionados, postes de iluminação, etc., não estou a ver que haja muitas situações no dia a dia em que seja possível usar isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, nas nossas estradas seria necessária todo um sistema idêntico ao dos carros autónomos (ou mais complexo ainda. :)

      Eliminar
    2. Em qualquer uma dessas a partir do momento em que o objecto apenas serve para ostentar.

      Eliminar
  3. Gosto do que escrevem, a ideia é brilhante!
    No meu caso tenho que empurrar a minha própria cadeira de rodas e o carrinho do bebé, é me Humanamente impossível. Só falta $.

    ResponderEliminar

[pub]