2016/02/01

Tencent não vai fazer app QQ para Windows 10 Mobile

O QQ é um dos mais populares serviços de chat na China (cujas origens remontam aos tempos do ICQ) mas agora a Tencent diz que não irá desenvolver uma app para o Windows 10 mobile, por não ter volume que o justifique.

Embora por cá o QQ não seja muito popular, este é um serviço que tem mais de 860 milhões de utilizadores (embora também esteja a sofrer com a concorrência de serviços como o WeChat). E agora, será mais um a estar ausente da plataforma mobile da Microsoft, pois a Tencent anunciou que não irá desenvolver uma versão da sua app para o novo Windows 10 Mobile.

Embora digam que têm esperança que a plataforma Windows 10 venha a ser um sucesso, a Tencent defende a sua decisão com os dados que não deixam margens para dúvidas: na China o Android detém 78.1% do mercado e o iOS 19.4%, deixando o Windows com uns reduzidos 2.3%.

Este é apenas um anúncio mas é mais um sinal preocupante para a Microsoft. Não importa que uma plataforma seja a melhor e/ou mais versátil, se depois a mesma não contar com o apoio dos developers. E sem developers que criem apps para ela, menos público haverá a optar por ela; e com menos clientes a usá-la, menos developers ficarão incentivados a apostar nela - sendo esse um problema que se tem feito sentir há bastante tempo (basta ver a ausência das apps do Google no Windows mobile) e que não parece estar a ser resolvido.


Como curiosidade, o QQ foi inicialmente lançado em 1999 como sendo o OICQ (Open ICQ), uma alternativa aberta ao popular ICQ, mas que depois foi obrigado a mudar de nome. É também o serviço de mensagens instantâneas que detém o recorde do Guinness de maior número (210.2 milhões) de utilizadores simultâneos.

1 comentário:

  1. Se fizessem, tinham de fazer para Symbian... que tem mais utilizadores.

    ResponderEliminar

[pub]