2016/03/11

Android N vai resolver problema das actualizações nos Android?


O problema das actualizações nos Android é algo que muito tem sido criticado ao longo do anos, mas o novo Android N poderá sinalizar um ponto de viragem que que visa resolver essa questão.

Nada exibe melhor o problema do que o próprio dashboard da Google que nos mostra a distribuição actual das versões de Android que acedem à Play Store.


Aqui vemos que ainda há uma percentagem significativa de dispositivos (mais de 20%) que ainda corre Android 4.1-4.3 (que remontam ao ano de 2012); e mais de 34% ainda permanece no 4.4, lançado em 2013. O mais recente Android 6.0, lançado há cerca de 6 meses, ainda conta com uma percentagem reduzida de apenas 2.3% dos equipamentos.

Esta questão da (falta) de actualizações para centenas de milhões de dispositivos levanta sérias questões de segurança, que a Google tem contornando usando serviços de sistema que permitem ir corrigindo todos os smartphones (dentro do possível) sem que seja necessário fazer uma actualização completa do sistema; mas isso não é a solução ideal... e o Android N poderá vir com novidades nesta área, de modo a facilitar as actualizações nos equipamentos de todos os fabricantes, mesmo aqueles que gostam de aplicar as suas modificações.

Basicamente, a solução passará por "desprender" ainda mais as funcionalidades de base do sistema operativo, permitindo a instalação de módulos que alterem o seu funcionamento sem que seja necessário mexer directamente nesses componentes base. De forma simplificada, permitiria que um fabricante como a Samsung ou LG pudesse pudesse aplicar uma actualização do sistema disponibilizada pela Google, sem ter que perder meses a refazer todas as alterações que já tinha feito para a versão anterior.


É uma medida que acaba por ser essencial e preventiva, pois já se sabe que será apenas uma questão de tempo até que surja uma qualquer vulnerabilidade crítica que obrigue ao lançamento de uma correcção de emergência num curto espaço de tempo, e a Google não se pode arriscar a que a plataforma Android se torne no veículo de um cenário apocalíptico onde centenas de milhões de equipamentos e utilizadores estariam vulneráveis.

O único problema é que, mesmo que o Android N venha a dar os primeiros passos neste sentido, ainda irão demorar muitos anos até que essa versão do Android se torne na versão mais utilizada (como demonstrado pela tal tabela no início referente às versões de Android.)

12 comentários:

  1. Quem tem nexus não tem esses problemas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer nexus.
      Os update são por OTA (over the air), sempre que há um update recebe-se uma notificação para fazer o download do update para instalar.

      Eliminar
    2. Aliás, nunca termina! O Galaxy Nexus morreu no 4.3 quando corria o 5.0 sem problemas. O Nexus 4 morreu no 5.1.1 quando o 6.0 corre mais que bem. Muito provavelmente, e com o Nexus 5 a fazer 3 anos quando sair o N, este não irá receber update.

      Se disseres que um Nexus tem sempre uma comunidade enorme e que existem sempre alguém a desenvolver para ele, ainda concordo. Agora generalizar dessa forma? -_-

      Eliminar
    3. Só há updates enquanto forem suportados.
      O meu Nexus S o último update oficial punha-o lento de tal forma que era impossível usar.
      É discutível a decisão de uma das últimas versões corre ou não (decentemente) num dispositivo.
      Portanto: Enquanto for suportado tem updates por OTA.

      Eliminar
  2. N é bem assim o Nexus 4 já n recebeu a Versão M e o Nexus 5 em principio já n irá receber a Versão N

    ResponderEliminar
  3. Oneplus One é que é fixe...sempre atualizado por OTA com versão M e provavelmente vai ter também o N

    ResponderEliminar
  4. Não entendo porque é que de repente todos passaram a importar-se extremamente com os updates.
    Eu sempre fui aficionado por tecnologia, e como tal sempre gostei de andar na crista da onda no que diz respeito a pc e telemovel. Já na altura dos Nokia, volta e meia havia uma actualização de firmware, mas ninguém as fazia... nos pcs, sempre que sai um windows novo toda a gente diz: "ah, não sei se actualizo, depois deixam de funcionar os programas, será que vale a pena... e bláblálá..."
    Agora, toda a gente fica incomodadíssima por não receber a última versão do Android mal ela saia. E depois vem aquela comparação com o iOS "ah...mas o iphone tem logo actualização..." e mesmo assim querem trocar de iphone todos os anos, porque o novo é que é...

    ResponderEliminar
  5. O Oneplus One ainda nao tem M (6.0) disponivel de forma oficial. E ao ritmo que a cyanogen trabalha ainda deve demorar uns meses.

    ResponderEliminar
  6. Nexus 7 (2013), está fora da lista. Google má!

    ResponderEliminar

[pub]