2016/03/29

Sony prepara PlayStation 4.5 com suporte 4K?


Várias pessoas têm falado que a Sony já está a trabalhar numa nova PlayStation (PS4.5, PS4K?) que terá a capacidade para correr jogos em resoluções 4K e ser pensada de raiz para utilização em VR.

Vão aumentando os rumores de que a Sony irá apresentar uma nova PS4 melhorada antes do lançamento oficial dos óculos PlayStation VR, agendado para Outubro. Um rumor que acaba por não ser muito surpreendente; pois já se sabe que assim que uma consola é lançada para o mercado, as equipas de desenvolvimento começarão logo a trabalhar na sua sucessora, e por muito sucesso que a PS4 tenha tido, a Sony não iria certamente ficar parada.

Para além de uma PlayStation melhorada ser bem vinda para as exigências acrescidas dos jogos VR, há outro factor que potencia este lançamento (e que lhe dá credibilidade acrescida) que é o facto da Sony vender televisores 4K mas não ter nenhum dispositivo capaz de reproduzir filmes nessa resolução (tirando alguns leitores especializados e destinados a um segmento muito reduzido da população). Com a chegada dos Blu-ray Ultra HD 4K - para não falar dos conteúdos 4K do Netflix e outros serviços - é natural que a Sony pretenda ter um leitor capaz de tirar proveito desses conteúdos, e a PlayStation sempre foi um veículo associado a estes novos formatos (para muitas pessoas foi o seu primeiro leitor de DVDs e mais tarde de Blu-ray! :)

Mas, há também as preocupações de que uma PS4K melhorada possa fragmentar a plataforma, pois arriscamos-nos a ver surgir jogos que depois exigem uma destas novas PS4, oferecendo uma experiência mais "reduzida" nas PS4 antigas. O que levanta também a questão sobre o futuro das consolas e as suas diferenças/semelhanças com os PCs. Nesta actual geração já acabamos por ter consolas com arquitecturas estilo "PC", pelo que não seria complicado evoluírem no sentido de serem máquinas actualizáveis, e onde se pudesse apenas ir trocando de GPU de forma mais regular. Uma solução que agradaria a uns, mas acabaria por diluir ainda mais a sua diferença face a um PC para jogos...

Mas se for esse o caso, então porque não lançar um PlayStation OS que transformasse qualquer PC numa PlayStation "4.5"? A par do Steam OS, seria uma opção que certamente iria servir de resposta à aposta da Microsoft em tentar unificar o mercado da Xbox One e dos PCs.

Enfim, teremos que esperar para ver em que sentido o mercado irá evoluir.

8 comentários:

  1. Espero bem que não,se acontecer as consolas entram mais no terreno dos pcs e será uma perda de identidade sem retorno.

    ResponderEliminar
  2. Espero bem que não,se acontecer as consolas entram mais no terreno dos pcs e será uma perda de identidade sem retorno.

    ResponderEliminar
  3. eu acredito mais em uma consola que faça upscale para 4 k de full hd. como em alguns jogos que corre a 900 p mas o sinal é de full hd , não estou a ver eles conseguirem produzir uma consola com um preço similar ao preço de lancamento da ps4 que tenha capacidade de correr jogos a 30 fps a 4k!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 4K a 30fps não será complicado hoje em dia (fiquei surpreendido ao ver que a minha velhinha GTX 960 o conseguia fazer em jogos como Titanfall, sendo já uma placa "obsoleta"). Complicado seria fazê-lo a 60fps... :)

      Eliminar
    2. A GTX 960 tem pouco tempo carlos...
      Titanfall não faz mais de 60fps, está bloqueado, no entanto, se experimentares um The Division, um Project Cars, um Rise of The Tomb Raider, a GTX 960 para correr a com esses frames, é preciso tirar muitos detalhes gráficos...

      Eliminar
    3. Esqueci-me, no entanto, posso tirar as teias de aranhas ao Titanfall quando quiseres... :D

      Eliminar
    4. Fugiu o dedo para o dígito errado, referia-me à minha velha GTX 670! :)
      Na actual 970 já se aguenta bem a 60fps em 4K e com "tudo no máximo". :)

      Eliminar
    5. O Titanfall sim... Nos que te referi não consegues...

      Eliminar

[pub]