2016/04/04

INRIX quer fazer frente ao Waze com app renovada


Não temos falta de apps de navegação GPS, mas temos um novo candidato que se remodelou completamente para atrair utilizadores: o INRIX.

O INRIX pode ser um nome desconhecido da maioria das pessoas, mas trata-se de uma empresa norte-americana especializada em dados sobre o fluxo de tráfego, com os seus serviços a serem utilizados por marcas automóveis como a Audi e a Tesla para os sistemas de navegação dos seus carros (e também fornece o serviço de cálculo de autonomia nos BMW i3 e i8).

Agora, remodelou completamente a sua app para iOS e Android, tornando-se num sério concorrente a apps mais populares, como o Waze. A app passa a oferecer funcionalidades como, programar a hora de chegada a um destino e deixar que app nos avise quando estiver na hora de sair; e para isso utiliza a sua base de dados de informação de trânsito, alimentada por mais de 275 milhões de automóveis que usam os seus serviços. Também não falta o reconhecimento automático de locais que visitamos frequentemente (casa, trabalho); e tem atenção a um pequeno pormenor que no Waze por vezes se torna frustrante...

No Waze, o sistema de "rota mais rápida" leva a opção à letra, e é capaz de nos fazer andar por todo o tipo de becos se o seu cálculo determinar que se poderá poupar 1 segundo que seja, mesmo que a alternativa 1 segundo mais lenta só usasse estradas mais apelativas para a condução. E, não adianta quantas vezes fizerem o caminho correcto, o Waze continuará a mandar-vos pelo caminho mais rápido, recusando-se a "aprender" (só se o nosso caminho for - para ele - o mais rápido, é que passará a sugerir-nos a rota que gostaríamos que sugerisse).

Isso não acontece com o INRIX. Com esta app, ela aprende as rotas preferidas dos condutores; e sabe que não deverá ir por caminhos esquisitos se com isso poupar apenas umas dezenas de segundos, ou até alguns minutos. Só se houver alguma anomalia que cause um atraso superior a 5 ou 6 minutos, é que a app passará a usar caminhos alternativos.

Embora seja pouco provável que quem usa o Waze o abandone, aqueles que tiverem desistido de o utilizar por causa destes pormenores poderão querer experimentar este INRIX, disponível para Android e iOS.

[INRIX para Android | INRIX para iOS]


3 comentários:

  1. Faltou a informação da praxe... :)
    Esta aplicação usa mapas online ou offline?
    Qual a média de dados que gasta mensalmente?
    Com os nossos míseros limites de dados das operadoras isto é importantíssimo!

    ResponderEliminar
  2. Não vi bem ou esta aplicação nao navega até ao nº da porta?
    Parece que só vai pelo nome da rua...

    ResponderEliminar

[pub]