2016/04/27

Roaming na Europa (ainda) não acabou


Algumas campanhas sobre a redução das tarifas de roaming podem estar a ser entendidas como o "fim do roaming" na Europa, mas a própria Anacom vem relembrar que não é - ainda - o caso, e que os consumidores deverão informar-se para não terem surpresas desagradáveis.

O custo do roaming vai baixar a partir de 30 de Abril, com o preço a cair substancialmente dos 5 cêntimos para 1.14 cêntimo por minuto nas chamadas recebidas; e com as chamadas efectuadas a custarem o mesmo que custariam no país de origem (com base no tarifário de cada utilizador.)

E será precisamente este último ponto que poderá gerar a tal ilusão de que o roaming acabou e causar surpresas desagradáveis. É que os operadores podem aplicar uma sobretaxa de 5 cêntimos por minuto a este valor, que rapidamente acabará com a ilusão do fim do roaming. E também há sobretaxas para os dados mobile (5 cêntimos por megabyte) e para os SMS (2 cêntimos) - valores aos quais acrescem os nossos fantásticos 23% de IVA.

Só em Junho de 2017 é que estas sobretaxas irão ser abolidas e chegar o verdadeiro fim do roaming na Europa; mas mesmo nesse altura irá existir uma "Política de Utilização Responsável", que poderá cobrar taxas assim que se ultrapassarem limites que se considerem razoáveis, e que irão ser definidos este ano. Será esta política que, muito provavelmente, irá continuar a impedir que um cidadão de um qualquer país europeu opte por usar a tempo inteiro um tarifário de um operador de outro país... Mas, vamos esperar para ver quais serão os limites.

Até lá, é preciso não esquecer que o roaming baixou de preço, mas continua a existir à força das taxas adicionais (não invalidando que alguns operadores ou tarifários ofereçam melhores condições.)

1 comentário:

  1. Conclusão... continuamos a pagar o mesmo... só lhe mudaram o nome de roaming para taxas e sobretaxas...

    ResponderEliminar

[pub]