2016/06/27

Maker Faire Lisbon 2016

Este fim-de-semana realizou-se mais uma edição da Maker Faire Lisbon, num evento que vai crescendo de ano para ano e conquistando cada vez mais visitantes que se deixam contagiar pelo espírito maker.


Foi com especial agrado que assistimos à chegada de uma Maker Faire a Portugal, graduada para evento de alto nível depois de uma primeira experiência com uma "mini-Maker Faire"; e de ano para ano comprova-se que é uma aposta ganha, com o evento a atrair cada vez mais makers e visitantes, que podem ter contacto em primeira mão com esta comunidade crescente em Portugal (e não só).

O espírito maker consiste - literalmente - em meter mãos à obra, seja em que projecto for. Por norma associa-se isso a coisas complicadas envolvendo hardware e software, mas a verdade é que não há limite às áreas de actuação dos makers, que poderá passar por coisas tão simples como bonecos em madeira, ou até culinária... o que interessa é "fazer" e, se possível, com criatividade e originalidade.


Dito isto, na edição deste ano não faltam drones, impressoras 3D (muitas!), projectos de electrónica, robots, e muito mais do que podemos aspirar a referir.


Tal como se fazia prever, um dos pontos de passagem obrigatória era o stand da Cooler Master, onde o simulador de paraquedismo VR atraía as atenções, fazendo com que todos o quisessem experimentar. Era uma oportunidade imperdível para quem quisesse sentir a sensação de "falta de ar" de um salto de paraquedas quase sem tirar os pés do solo - só tinham era que enfrentar uma longa fila de espera.




Com esta edição a encerrar-se, resta agora começar a olhar já para a edição do próximo ano - e aproveito para lançar o desafio de alguém começar a pensar na realização de uma Maker Faire Porto. ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]