2016/06/02

Novo monitor 5K da Apple virá com GPU integrado?

A Apple tem sido criticada por não actualizar os seus monitores "Cinema Display", mas parece que finalmente se prepara para o fazer, passando a adoptar a resolução 5K... e optando por integrar o GPU no próprio monitor.

Embora a utilização de monitores 4K se comece a popularizar, quem pretender resoluções maiores depressa começa a sentir as limitações da tecnologia actual. Transferir informação referente a 3840x2160 pixeis 60 vezes por segundo é coisa que representa algo como 1.4GB de dados por segundo, e no caso dos Macs com resolução 5K, a Apple foi até forçada a fazer algum "overclocking" para conseguir suportar essa resolução - sendo esse um dos motivos pelo qual não lançou nenhum monitor externo... até agora.

Com as versões mais recentes do DisplayPort já é possível suportar estas resoluções (e já se contemplam protocolos com compressão de dados para possibilitar resoluções superiores), e temos também os novos Thundebolt 3 e USB 3.1. Ainda assim, a Apple parece estar a optar por uma solução pouco comum: integrar o GPU no próprio monitor.

É uma solução que tem como vantagem permitir a utilização destes monitores (e  resolução) em dispositivos que poderiam não ter capacidade para o fazer; e que de certa forma vai um pouco em linha com a tendência de colocar os GPUs no exterior dos computadores, como já vai sendo feito nalguns portáteis orientados para o segmento dos jogos. Mas, infelizmente é algo que também pode ser bastante limitativo.

A não ser que a Apple lançasse um monitor com GPU actualizável, ter um monitor com GPU integrado significa que o mesmo irá tornar-se obsoleto muito mais rapidamente. É que os monitores são periféricos que facilmente se podem manter durante 5 ou mais anos... mas nos GPUs, basta um par de anos para os mesmos serem completamente ultrapassados por novos modelos. (Se o meu caso pessoal servir de exemplo, já troquei de placa gráfica 3 vezes ao longo dos anos em que tenho o meu monitor actual - e brevemente passará a ser 4 vezes.)

Como sempre, até que a Apple apresente oficialmente os seus monitores tudo se mantém no reino dos rumores... mas de uma forma ou de outra, será interessante ver que direcção seguem, e que efeito isso poderá ter no resto da indústria (bem se pode imaginar que não faltem fabricantes de monitores a salivar perante a perspectiva de colocar o mercado a trocar de monitor a cada par de anos em vez de os manterem por uma década. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]